PubliPost

Já estão a pensar no Natal? Eu é mais bacalhau, bolo rei, azevias….

bacalhau

Falo disto todos os anos. Eu não vibro com o Natal. Não fico imbuída no espírito das luzes e dos presentes. Nem sequer gosto muito de comer à mesa, como expliquei neste post. Mas há uma coisa que me agrada muito nesta época do ano: comer coisas boas! Tenho tantas memórias boas construídas nos sabores do Natal. E hoje vamos falar, entre outras coisas, de bacalhau!

Mas uma pessoa fica crescida e responsável e tem outras preocupações. Comer coisas boas significa que são saborosas, mas também tem de significar que são de qualidade, que respeitam o ambiente, que são locais, que são nacionais. Por exemplo, todos os anos eu falo da questão da sustentabilidade da pesca do bacalhau (faço parte do clube que adora este peixe o ano inteiro).

Uma pesca sustentável significa que o peixe é pescado na altura certa e que não é capturado de forma excessiva, tendo em conta a sua demografia. Há 20 anos, por exemplo, houve stocks esgotados de batalhau nos mares do norte, precisamente porque houve sobrepesca. É fundamental garantir, na compra, que não se tratam de espécies em extinção.  Além disso, é importante que não se utilizem redes de arrasto e que haja a garantia de que o animal não foi tratado com hormonas ou manipulado geneticamente.

O bacalhau no LIDL é o único em Portugal com esta certificação (MSC). Ou seja, que respeita os mais elevados padrões internacionais de boas práticas de sustentabilidade. O produto e o planeta são respeitados desde o momento em que o peixe é pescado até ao momento em que nos chega a casa.

E eu sei que ainda falta um bocadinho para a noite da consoada, mas o mês de novembro passa a correr. Podemos ir já às compras e aproveitamos para testar a ceia várias vezes! Eu vou fazer stock de broas e bolo rei.

Na gama Deluxe do LIDL (que só está disponível no Natal e na Páscoa) há lombos de bacalhau demolhado, lombos de bacalhau da Islândia, mas há ainda mais 97 produtos (mais dez do que no ano passado) portugueses: pastéis de bacalhau com broa de milho, azeitonas, croquetes de Cozido, queijo da serra da estrela DOP, Bolo Rei, filhós, azevias e por aí fora.

Comprar produtos nacionais é fundamental. E apostar em alimentos que respeitem boas práticas ambientes também. Este ano, vai ser assim. E nos próximos também. Goste ou não goste do Natal comer coisas boas é comigo!

 

 

 

Ficam algumas sugestões para terem inspiração natalícia nas compras:

Bacalhau (lombos já demolhados que sou preguiçosa nestas coisas) . 600g 9,90€

Bolo Rei (a minha perdição) . 700g 4,99€

Pão de Ló (a loucura do Pedro) 3,99€

Queijo da Serra (na broa de milho!) 9,99€/kg

Croquetes de cozido (para experimentar) 1,99€

Comentários (2)

Escrever um comentário