Vida Saudável

Vamos diminuir massa gorda? Treinar sempre: novos desafios

Vamos diminuir massa gorda

Há quatro anos perdi muitos quilos e mudei a consciência que tinha do corpo, da forma como comia e da necessidade de fazer exercício. O peso subiu com a gravidez e ainda não voltou onde estava (e onde me sinto melhor) mas o treino tem sido uma constante. Na verdade, não imagino os meus dias sem treinar. É uma espécie de terapia. É o descanso mesmo nos dias de maior cansaço (do corpo e da cabeça). Muito mais que diminuir massa gorda.

Há algumas semanas que estou a treinar na The Strength Clinic. Quem gostar de treinar força vai sorrir. Quem acha que treinar força não é a sua praia vai torcer o nariz. Mas garanto-vos, gostem ou não, os resultados estão nos treinos de força. E falamos de resultados em termos de definição e estéticos, sejam os mais importantes: aqueles que envolvem a nossa saúde e bem estar geral.

A The Strength Clinic é um conceito de saúde e força destinado a melhorar a capacidade funcional de qualquer indivíduo. Pretendemos oferecer uma solução holística, integrada e funcional de longevidade com base no treino físico, na nutrição e no estilo de vida. O nosso sistema de treino assenta no conceito clássico de cultura física e na matriz evolutiva da motricidade humana, nós acreditamos que qualquer pessoa (independentemente do seu nível de fitness e condição clínica) poderá ser integrada num processo de desenvolvimento progressivo e funcional das suas capacidades.

 

Cada treino é um ciclo. Ou seja, durante seis semanas vamos repetir os mesmo movimentos. Porque é que é altamente motivador: porque podemos comparar os resultados e ver a evolução do treino. Cada quilo a mais é uma vitória e um resultado para ser melhorado. Assim tem dito todas as semanas: treino de força, treino metabólico e treino regenerador (eu brinco e digo que é o ioga dos treinos de força, adoro).

As imagens que vos deixo são da avaliação funcional do movimento que fiz antes de começar. Para além disso registámos o peso e a massa gorda para voltar a avaliar daqui a umas semanas (eu prometo que vos dou conta dos números para vermos se consegui diminuir massa gorda).

Ainda assim, o mais importante não são os números. É um corpo saudável e a capacidade de superação.

E eu vou-me mantendo motivada pondo os olhos numa colega de treino – a Karin – que aos 48 anos tem uma forma física e um foco impressionante.

 

Se quiserem saber mais ou experimentar um treino mandem e-mail info@thestrengthclinic.training

 

 

Comentários (4)

  • […] Há algumas semanas que estou a treinar na The Strength Clinic. Quem gostar de treinar força vai sorrir. Quem acha que treinar força não é … Ver artigo completo no Blog […]

    Responder
  • Keep training hard, Catarina!

    I’m a big fan of your work 😁

    Responder
  • Força Catarina!! Gosto muito treinar contigo 🙂 estas a ficar FORTE!

    Responder
  • […] Venho por este meio contar, a quem ainda não saiba, que tinha 35 anos quando aprendi a saltar à corda e a dar uma cambalhota decente (obrigada ao meu treinador Mikael), tinha 39 anos quando fiz o pino (obrigada ao Pedro Pereira). E aos 40 anos ainda faço as pazes todos os dias com o exercício físico (e ganho anos de vida e amor próprio em cada treino). […]

    Responder

Escrever um comentário