Vida Saudável

Há imenso tempo que não falo de peso!

peso

A última vez que falei de peso no blog estava com 63/64 quilos. Estou exactamente na mesma. O cansaço e o sono normais de quem tem um bebé pequeno podem ser responsabilizados por algumas más decisões na hora de comer (e também pode ser apenas boas – ou más – desculpas). Tenho fome que não é fome mas é sono. As hormonas são lixadas. E acreditem que existe uma conjugação perfeita: dormir emagrece.

Estou a uns seis quilos de distância do peso com que me sinto bem. Noutras palavras. O peso com que me sinto mais bonita. Apesar destes seis quilos tenho comido de forma saudável e já voltei aos treinos, ou seja, sinto-me fisicamente bem.

Nesta viagem que dura há mais de três anos, desde a minha decisão de cuidar mais de mim, existiram várias fases: a motivação total e a privação, a manutenção, a gravidez, uma certa sensação de descontrolo e o pós parto.

O equilibrio e um peso feliz

Aprendi que o equilíbrio é o mais importante. Sei que mais valem uns quilos a mais mas estáveis que andar em sobe e desce constantes. Nunca me esqueço que é importante ter uma relação saudável com a comida e o corpo. Aprendi que o exercício é fundamental e não passo sem ele. Já me mentalizei que um gelado não estraga tudo, nem um pão, nem uma pizza quando é mesmo aquilo que apetece. Como li, algures no instagram: não vale a pena gastar 95% da nossa força para perder 5% do nosso peso.

Gostava que todas as mulheres – e falo apenas de mulheres porque é essa realidade hormonal que conheço – não desistissem de ser aquilo que querem, não desistissem de cuidar de si mas que não sentissem pressão de uma perfeição que nem sequer existe e muito menos é sinónimo de felicidade. Eu gosto mais de ter 58 quilos do que 63 mas a verdade é que com um peso ou com o outro os defeitos que vejo são os mesmos. Ou seja: é da cabeça não é do corpo. Eu gosto mais de ter 58 quilos mas se a estabilidade estiver um bocadinho – vá, só um bocadinho 😉 – Acima disso que seja. Quero é ter saúde, força para treinar e vontade de mimar a mulher que sou.

Comentários (7)

  • […] post há imenso tempo que não falo de peso! appeared first on dias de uma […]

    Responder
  • Concordo em absoluto.Muito importante saber o peso com que nos sentiríamos bem, mas mais importante achar o peso que nos mantém a harmonia cérebro/ estética (espelho).
    Beijinhos

    Responder
  • Verdade…
    Obrigada pelas palavras que ajudam e inspiram…
    Acho que já algures por aqui comentei que o meu “problema” era baixo peso… Nas gravidezes nunca aumentei de peso “como o suposto”… Já passei pelo peso (de não grávida) com que me sinto bem…
    Mas o que importa realmente é o equilíbrio corpo/mente… Com mais ou menos uns quilinhos…
    Beijinhos

    Responder
  • Por aqui estamos exatamente na mesma (em números e tudo…): fui mãe há cerca de 4 meses, sinto-me bem nos 58 mas estou com 63. Melhor que tudo: saí da maternidade com 60 (perdi 10 kg instantaneamente no parto) mas a fome no pós-parto foi muita muita e voltei aos 63. Gosto de acreditar que é alguma massa muscular recuperada mas não estou certa…Alimento-me de forma saudável, faço exercício (e fiz muito durante a gravidez) mas o peso não sai…E custa porque há sempre aquele fantasma dos números na balança de quem já teve excesso de peso anteriormente (no meu caso na adolescência) mas fome é que eu não passo! Beijinho

    Responder
  • Como me identifico com esse texto…?
    Já engravidei…emagreci tudo o que tinha ganho e mais uns kilos…Voltei a engravidar…Ganhei peso…E agora no pós parto já perdi alguns…Mas ainda faltam uns kilos e MT volume… ? (Mas passaram 3 meses) por isso não estou a desesperar….Sei que é possível….com Treino e alimentação “mais ou menos” limpa isto vai lá ?
    O que aprendi com isto tudo?!! Tive MT medo aquando da primeira gravidez (sempre fiz desporto) e as palavras parar ou abrandar faziam-me confusão e algum receio… Mas aprendi, que com dedicação tudo volta ao lugar…(quase tudo ?) não tenho o corpo da menina antes dos 30… Mas tenho duas princesas lindas ?

    Obrigada pelo seu testemunho tão verdadeiro ?

    Responder
  • Como a compreendo…
    Fui mãe ha 6meses… engordei 11kg mas 4 ainda cá estão. Sinto-me bem mesmo é sem estes 4kg. E principalmente quero voltar a vestir toda a minha roupa.
    Todas as semanas experimento calças e calções que antes vestia para ver se me servem. .. mas nada 🙁
    Penso muitas vezes se será verdade que “alargamos” com a gravideZ e não voltamos ao lugar 🙁

    Responder
  • […] recuperar este post porque bem preciso de ler e reler estas coisas. tenho cinco ou seis quilos a mais e a conversa do “foste mãe há pouco tempo” já não é desculpa [tenho comido mais do […]

    Responder

Escrever um comentário