Vida Saudável

[bom dia]

papaia

a propósito do post de ontem perguntavam-me o que deixei de comer. enquanto estive a perder peso reduzi várias coisas mas aquilo que deixei de comer mesmo, e que mantenho, é açúcar e hidratos “brancos” (arroz branco, massas, pão branco e alimentos processados como tudo o que pareça bolachas). tento evitar os alimentos processados em geral (como dizem em brasileiro, se não tem mãe e não vem da árvores, não serve) mas ainda como alguns. consumo muito pouca carne, por opção, e quando como opto por frango ou perú mas se me apetecer outra qualquer também como.
um pequeno almoço gigante:
– meia papaia
– iogurte natural
– chia
– sementes de cânhamo
– cajus crus e sem sal

Comentários (4)

  • Gosto muito da tatuagem 🙂

    homem sem blogue
    homemsemblogue.blogspot.pt

    Responder
  • Obrigada pela partilha!!! Adorei!

    Responder
  • Olá Catarina. Sigo o seu blogue há algum tempo e digo-lhe que é uma inspiração para mim. É fantástico a sua mudança e tranformação, mas mais fantástico é a sua motivação e força de vontade.

    Agradecia que não publicasse:
    Motivação e força de vontade são as palavras que faltam no meu dicionário. Por vezes, dou por mim a questionar-me do porquê. Gosto de comer, não sou pessoa de comer fast food, mas não me privo dos petiscos e sobremesas. Exercício físico deixei simplesmente de fazer, desde que me foi diagnosticado uma doença nas articulações, juntamente com hérnias lombar e cervical. Os únicos desportos que me são permitidos fazer são natação, pilates ou ioga, mas não tenho tempo nem dinheiro para tal. Peso neste momento 75kg e não me reconheço. Sempre fui magra. Até aos meus 35anos pesava 58Kg. Agora com 39anos, e sem filhos, tenho 75Kg.

    Se lhe disser que fui federada em volei, que representei o SCP na aérobica de competição e que fui a melhor recruta feminina na minha recruta (sou militar) e que a minha alcunha passou a ser Rambinha e agora se olhasse para mim dizia que eu era uma grande mentirosa. Mas não sou. Eu fui isto tudo que escrevi e agora sou a sombra do que fui.

    O que me falta é mesmo a força de vontade e acredite que quando aqui venho fico deslumbrada com a sua figura e como se tranformou, através sua força e vontade de mudar.

    Talvez um dia eu olhe para o meu corpo e volte a recolhecê-lo.

    Obrigada Catarina.

    Responder
  • Adoro papaia e cajus!
    vidademulheraos40.blogspot.com.

    Responder

Escrever um comentário