PubliPost

6 dicas de eficiência energética para poupar no orçamento familiar

eletrodomésticos

Faço parte do grupo de pessoas que sente tonturas quando chega a conta da electricidade. Somos muitos, muitas refeições, muitas máquinas de louça (entenda-se número de vezes que a ponho a trabalhar porque só tenho uma), muitas máquinas de roupa e algumas da máquina de secar roupa (porque cinco pessoas e muitos dias de chuva tornam os montes de roupa tendenciosamente caóticos).  Hoje falamos sobre poupar — poupar no orçamento familiar e poupar nos recursos ambiente. Falamos sobre as contas que resultam de uma casa confortável. Falamos sobre eletrodomésticos. Inevitavelmente.

Sou apologista do quanto menos, melhor. Mas há coisas mesmo indispensáveis. Os eletrodomésticos são investimentos grandes e obrigatórios numa casa. A escolha tem de ser inteligente, em todos os sentidos: tem de ser de qualidade (convém que dure), tem de ser eficaz (tive uma máquina da louça em que era certinho que tinha de repetir o programa ou saía tudo sujo) e tem mesmo de ser amiga da carteira (no hora do compra mas principalmente todos os meses) e do ambiente. Está tudo ligado. Quanto menos recursos gastarmos, menores serão as contas ao final do mês. Chama-se eficiência energética. E as marcas cada vez mais apostam em tecnologia que nos permite gastar menos (e tremer menos antes de chegar a conta da electricidade).

A Worten está com uma campanha de descontos em eletrodomésticos inteligentes até 4 de Julho. Eu gostava que eles fossem inteligentes ao ponto de cozinharem e porem a louça e roupa lá dentro mas vou ter que esperar por um pouco mais de desenvolvimento tecnológico.

Como é que conseguimos identificar os que mais deixam poupar? É fácil: há um elemento obrigatório nos eletrodomésticos, tanto nas lojas físicas, como online, e que reflete a relação entre a energia gasta e o desempenho da máquina. A classificação varia entre as classes A+++ e D, no caso dos grandes eletrodomésticos (frigoríficos, máquinas de lavar), sendo que não é já possível comprar modelos com uma classe inferior a A+.

Os A++ e A+++ serão os mais vantajosos. O investimento é maior a curto prazo, mas a longo rende muito e permite recuperar aquilo que se investiu mais rapidamente: a compra de uma máquina de lavar a loiça ou roupa A+++ representa uma poupança no consumo de energia de 20% a 22% — comparativamente a uma A+. No caso dos frigoríficos a diferença ainda é maior: pode atingir os 40%.

(Para conhecerem os eletrodomésticos mais eficientes à venda no mercado nacional, visitem o Top Ten, da Quercus.)

 

 

Aqui ficam sete eletrodomésticos que vão fazer toda a diferença no orçamento familiar.

Máquina de lavar a roupa

Esta máquina da Indesit aguenta oito quilos de roupa, a uma velocidade máxima de centrifugação de 14000 rpm. É de classe de eficiência A+++ e tem 16 programas de lavagem diferentes.

Máquina de secar roupa

A tal melhor amiga no Inverno. Convém é que não seja uma desgraça no final do mês. Esta opção da Indesit seca por condensação, com uma bomba de calor. Tem  16 programas disponíveis de secagem, é de classe de eficiência energética A+ e consome, por ano, 206 kWh.

Eletrodomésticos. 6 dicas para poupar no orçamento familiar

Máquina de lavar loiça

Outro eletrodoméstico indispensável em famílias numerosas. Esta é da classe energetica A++. Está equipada com o “delay timer”, que permite adiar a lavagem para um momento mais conveniente, num espaço de 24 horas (para, por exemplo, aproveitar os horários de electricidade mais barata).

Eletrodomésticos. 6 dicas para poupar no orçamento familiar

Frigorífico combinado

Tem capacidade de 186 litros, mais 88 litros no congelador (é exactamente aquele que tenho em casa) . É de classe de eficiência A++, com sistema frio no frost no congelador (evita acumulação de gelo e conserva melhor). Tem sistema de ventilação no frigorífico, o que mantém os alimentos frescos de forma constante.

 

Microondas

Este microondas da Bosch, que cabe num espaço de 38 centímentos, descongela, aquece e cozinha. Sei que nem toda a gente acha este electrodoméstico indispensável mas a mim safa-me imensas refeições que tenho congeladas.

 

Painel solar

É um dos electrodomésticos que exige um investimento maior, mas que mais permite poupar, não só na carteira, mas nos recursos do planeta (digamos que é a compra perfeita para “fazer” eletricidade). Um dia.

 

 

E já que falamos em eletrodomésticos com maior eficiência energética e poupança, aqui ficam os indispensáveis para um recém-nascido.

Comentários (2)

Escrever um comentário