últimos treinos acompanhada…. [e falamos de peso]

3

a minha PT foi de férias por isso ontem – cheia de saudades de treinar (e cheia de saudades de treinar mesmo a sério mas para isso haverá tempo depois) fui ao cross fit e levei os meus miúdos. o mais velho já treina e o mais novo foi fazer de repórter de imagem .

treinei com muita calma e de forma completamente adaptada. soube-me pela vida e saí de lá cheia de força. na verdade as tardes são muito mais fáceis do que as manhãs em que parece que os ligamentos estão todos com falta de óleo (como expliquei hoje). mas ontem aquilo que mais gostei foi ter treinado acompanhada com o meu filho. partilhamos um momento em que os dois estamos juntos e a fazer aquilo que gostamos é mesmo muito bom. tenho a certeza que já tenho companhia para o pós parto.

 

ponto de situação? peso ideal 58/59 quilos. comecei a gravidez com 62 quilos. peso 76 quilos. pensei que fosse correr pior mas este final tem sido muito mais fácil de controlar.

 

(sigam o instagram aqui.)

 

3 Comentários
  1. faty eilan says

    Olá Catarina. Obrigado pela partilha do seu video. Quando vi a imagem inicial ao abrir o blog a primeira coisa que me veio à mente foi um pensamento de reprovação. No entanto, ao ver o vídeo, percebi que o nosso corpo consegue comportar tamanha `metamorfose` durante o período de gestação & o exercício físico enquanto gravida não deve ser visto de forma negativa (como foi o meu breve segundo). Lembro-me da minha gravidez e das inúmeras complicações, muito contribuidas por uma vida muito sedentária e das muitas desculpas que arranjei para me deixar ficar. Ver o seu video fez disparar a minha`lâmpada mental`. Quero agradecer-lhe por ajudar-me a perceber que gravidez não é doença nem desculpa para parar actividade física. O truque terá que passar pela moderação e aprender a ouvir o corpo…em vez de ceder à cabeça e a preconceitos.
    Um beijinho de felicidade para ti, sua pequenota e família.

  2. Joana says

    Catarina, é com entusiasmo que tenho vindo a acompanhar o teu blog. Apesar de já o conhecer, só de há uns meses para cá é que tenho seguido religiosamente, possivelmente por também estar grávida (34 semanas) e com apenas 2 semanas de diferença de ti.
    Tive oportunidade de ver uma pequena entrevista que deste ao site Júlia, onde falas da tua experiência de dois partos (quase 3!) e em que optaste por não recorrer à Epidural. Apesar desta ser a minha primeira gravidez, a verdade é que também é um dos meus objetivos ter um parto o mais possível natural, no entanto no grupo de amigos e conhecidos (para além de chamarem de doida) não conheço ninguém que não tenha levado epidural. Gostava de saber se poderias explorar um bocadinho desse tema num próximo post.
    Um beijinho
    J

  3. RoxyGirl says

    Dá gosto de ler os teus posts sobre treinos na gravidez, estamos mais ou menos do mesmo tempo e ambas vamos ter Marias.
    Eu era a pessoa mais sedentária que conhecia à face da terra, o meu desporto favorito era o levantamento do copo e abrir maços de tabaco…
    Quando engravidei, devido ao trabalho passei a fazer mais desporto que nunca! E a verdade é que mesmo com o aumento de peso sinto-me mais magra e em forma que nunca!
    Acompanhei de forma irregular a tua transformação e não tenho dúvidas que, depois da tua Maria Luiza nascer, vais voltar ao que alcançaste num instante e eu quero acompanhar , desta vez, de forma mais regular, o que irás fazer para tal e aproveito para me motivar também, uma vez que na recta final tive de parar de forma abrupta o trabalho 🙁 (vá lá que não foram por motivos físicos mas sim devido a um desgaste emocional)
    Keep up the good work(out)!

Comentar

O teu endereço de email não será publicado.