o meu diário viver família

a minha filha não dorme a noite toda [e eu não me importo] *

estava aqui a ler o post da Vera – que sei que sofreu imenso com o adormecer difícil da bebé dela e acho muito bem que partilhe aquilo que funcionou com a Laura – e dei por mim a pensar exactamente aquilo que imploro as outras mães e pais para que não pensem: o que estou a fazer mal? a minha filha não dorme a noite toda.

quando leio a dúvidas se muitas mães penso no quanto temos às expectativas irrealistas e como isso nos pressiona nesta aventura de ter filhos. falo apenas pelos três filhos que tenho. e escrevo sobre isto para dizer que não acredito em fórmulas mágicas nem sequer dicas que funcionem para todos os bebés. por isso não há nada de errado em ti – mãe ou pai – que depois de tentares tudo e fazeres tudo certo continuas a ter o resultado que consideras errado. há bebés que nunca dormirão a noite toda nem grande parte dela. releiam a frase antes de entrarem em pânico – e as grávidas que estiverem a ler este post que me perdoem. falei de bebés! eles crescem e tudo melhora [ou vai melhorando].

a Maria Luiza tem 5 meses e meio e não dorme a noite toda. a verdade é mesmo esta: não faço ideia quantas vezes acorda, durmo com a maminha de fora e vou trocando de lado. não faço um único sono profundo e reparador mas durmo e não me levanto. algumas noites – como tem acontecido nos últimos dias – mama pouco e vira-se [parecendo que não faz muita diferença no meu descanso porque estou em posição livre 🙂 ].

os meus dois filhos rapazes – um mamou até aos 12 meses e outro até as 3 anos e meio – só dormiram uma noite inteira quando tinham 2 anos. e sei que a partir dos 3 anos passaram a fazer noites completas quase sempre. o Goncalo tem alturas em que continua com alguma dificuldade em adormecer. o Afonso adormece em segundos. em noites de tosse ou pesadelos acorda mas como detesta a nossa cama a única coisa que faz é pedir companhia na cama dele.

desde que a Maria Luiza nasceu que procuro um equilíbrio, uns dias acerto mais que outros: o Afonso tem cinco anos e faz barulho, o Goncalo tem 14 anos e não vai para a cama às 21h. o Pedro tem um horário caótico e às vezes atraso tudo para que ele possa dar banho à filha. quem já cá estava já tinha ritmos próprios e, mesmo sabendo que bebés gostam de rotinas, é preciso adaptar as coisas para que a casa não seja refém da nova aquisição. até eu, que ainda não sou capaz de combinar nada para depois das 20h porque sei que o adormecer na mama é tranquilo e eficaz, no sábado passado perante a ideia de ficar mais uma noite inteira fechada no escuro, peguei na miúda e jantei na cozinha com os meus amigos. acordou, claro. um bebé acordado às 23h, péssimo. mas eu também sou pessoa e precisei de respirar.

era só para vos dizer que os bebés são mesmo assim. são os chatos mais amorosos do universo. uns precisam de colo, outros de mama, outros detestam tudo isso. alguns têm cólicas mesmo que a mãe só beba água, outros nem uma dor e a mãe come feijão e grão a todas as refeições. uns aguentam bem dispostos se dormirem em viagem ou no carrinho de passeio outros obrigam os pais a andar com a cama de viagem para os almoços fora. uns dormem a noite toda e outros acordam mil vezes. e os que dormem a noite toda às vezes acordam mil vezes e os outros às vezes dormem imensas horas sem que tivéssemos feito nada para isso. e nessas noite somos nós que os acordamos quando vamos, já em pânico, ver se está tudo bem. é tudo normal, era só isso que queria escrever.

 

*mas isso não me tira o direito de me queixar que tenho sono.

Comentários (21)

  • […] quando leio a dúvidas se muitas mães penso no quanto temos às expectativas irrealistas e como isso nos pressiona nesta aventura de ter filhos. falo apenas pelos três filhos que tenho. e escrevo … Ver artigo completo no Blog […]

    Responder
    • Cá por casa é igual… com uma bébé com 5 meses e 2 semanas as noites são longas porque acordo sempre para lhe dar de mamar … mesmo ela dormindo connosco… não digam a ninguém mas a percentagem de bébés que não dorme a noite toda é brutalmente maior do que os bébés que dormem a noite toda… isto porque fisiologicamente os bébés não estão preparados para dormir a noite toda. O ciclo de sono deles não permite que isso aconteça… por isso façam como eu … aceitem esse facto em vez de lutar contra ele… fica tudo mais fácil! ?
      Beijinhos,
      Raquel

      Responder
  • Olá Catarina,
    Tem sono? Tonturas? Amamenta durante a noite já em modo automático? A sua baby acorda 1000 vezes sem conta e só quer mama, mama e mais mama ? Quando ouve outras mamãs a reclamarem de sono porque tiveram uma noite menos boa num total de 1000 noites descansadas, o que lhe ocorre imediatamente ao pensamento? TAMBÉM EUUUU !!Como eu a entendo .. Mas somos FELIZES e isso é o que verdadeiramente importa ..
    Sou mamã da Maria que faz 2 aninhos no próximo dia 3 de Março .. .. a Maria teve cólicas até aos 6 meses (chorava todos os finais de tarde durante 3 horas sem eu ter forma de a sossegar ) , nunca dormiu mais do que 2 horas seguidas (quer fosse de dia ou de noite) desde que nasceu, amamentei –a até aos 22 Meses ( dava-lhe mama pelo menos umas 10x por noite!!) , tem uma energia que nunca mais acaba, mas Graças a Deus cheia de saúde!
    Agora numa nova fase, pós “desmame”, as noites melhoraram significativamente (vá lá, ainda acorda 2x por noite a pedir mama) .. não segui modelos, não cedi a pressões, não segui conselhos, não virei as costas à Maria deixando-a a chorar horas seguidas, segui o meu instinto e decidi na hora certa fazer o “desmame” ..
    Bom, acima de tudo acho que é isto mesmo.. seguirmos sempre o nosso instinto será certamente o melhor para nós e para os nossos bebés.
    Sou mamã galinha, sou chata, sou absorvida pela minha filha, sou presente na vida da Maria, sou Feliz assim!

    Parabéns pelo seu blog!
    Um Beijinho e Felicidades
    Mariana

    Responder
  • A minha filha, de 7 meses, dorme muito mal. Esta noite acordou 4 vezes e, para voltar a dormir é muito difícil. Basta ouvir um barulhinho para acordar logo.
    Ela tem uma característica (que acho que deve assistir a outros bebés também) que condiciona muito o seu sono: quanto menos dorme de dia, menos dorme de noite. Parece uma contradição mas é verdade (pelo menos cá em casa). Nos dias em que dorme cerca de 4 horas de dia, é capaz de dormir 6 horas seguidas de noite (ou mais).
    O problema é que é cada vez mais difícil adormece-la. Se não a deitamos no momento certo, fica aborrecida e irritada e nunca mais dorme nada de jeito.
    Eu e o meu namorado estamos há meses sem dormir nada de jeito. O que vale é que nos habituamos a precisar de cada vez menos horas para dormir…

    http://www.vinilepurpurina.com

    Responder
  • Pois não há formulas mágicas.. mas (chamem-me o que quiserem) os meus dois filhos desde o 1 mês de vida que dormem a noite toda.
    Saí da maternidade com ambos nos braços com 3 dias.
    Optei por coloca-los a dormir no seu próprio quarto desde a décima noite, o 1º.. e desde a 1ª noite a mais nova. Levantei-me todas as vezes que foram necessárias para dar de mamar.. (no caso do meu primeiro) e para dar o biberon (no caso da minha segunda).. até que o chamar deles começou por diminuir até dormirem as noites inteiras.
    Ambos vão para a cama ás 21.30.. ou 22, ou 22.30.. não sou rígida em nada relativamente a eles.. mas deito-os a ambos, dou um beijo na cara.. digo-lhes todas as noites o quanto os amo.. apago a luz.. deixo a porta do quarto aberta.. e vou-me embora..
    Deitar os meus filhos leva o tempo de um beijo e uma frase de amor..

    O meu mais velho tem 5 anos.. a mais nova faz dois para a semana q vem.

    Se sou má mãe??
    Sou a mãe que aprendi a ser.

    Mas durmo a noite toda.

    Responder
    • 🙂

      Responder
    • Aqui é igual!! Os 3 sempre com as mesmas rotinas. Sempre dormiram a noite toda.

      Responder
  • O meu filho tem 19 meses, e ainda não dorme a noite toda. Não sei o que é dormir uma noite inteira desde que nasceu. Uns dias acorda várias vezes, noutros acorda só uma. Acorda e diz “já está”, como quem diz que já dormiu tudo. Bebe leitinho (já não mama) e volta a adormecer – umas vezes com dificuldade, outras é rápido. Se tenho sono? Sim, até porque adoro dormir. Mas quando quis ter filhos sabia que isso podia acontecer, e não é o fim do mundo. O primeiro foi uma maravilha, dormia a noite toda. Dormiu no meu quarto até ter cerca de 1 ano e meio e raramente acordava de noite, assim desde que saiu da maternidade. O segundo é como disse. Não há bebés iguais. Já não me custa. Custa a privação de sono, mas não se trata de privação – é mais um “não dormir de seguida”. Assim que ele for maiorzinho, se pudermos vamos ao terceiro, mesmo sabendo que tanto pode dormir a noite toda, como estar sempre a acordar. São o melhor de nós.

    Responder
  • Acrescento este a lista porque a personagem boceja imenso e a cada bocejo que faço questao de encenar a minha Alice vai bocejando também e o soninho vai chegando. https://www.wook.pt/livro/a-tartaruga-que-queria-dormir-roberto-aliaga/219630

    Responder
  • […] ainda sobre sono e adormecer. aqui ficam algumas sugestões para lerem aos miúdos na hora de ir para a cama. não prometo que adormeçam mais rapidamente mas garanto que serão bons momentos para todos. e ler relaxa – para quem lê e para quem ouve. ainda hoje uma das memórias mais doces de infância é a voz da minha mãe a ler-me. […]

    Responder
  • A minha Maria Inês tem quase 11 meses e ainda acorda de três em três horas para mamar durante a noite…e grande parte delas só adormece por volta da 1 da manhã (ela para adormecer tem que estar “perdida de sono”)..sei que é péssimo um bebé estar acordado até tão tarde,mas quando a tento adormecer a horas decentes é uma berraria aqui em casa e eu também não quero que ela adormeça naquele choradeira… resumindo…ela acaba por ganhar sempre esta “guerra” !!!

    Responder
  • Olá, eu tenho 2. Se com o mais velho foi o tormento até quase aos quatro anos, com a mais nova foi (e é) o céu. Começou muito cedo a dormir a noite toda. Agora com quase 4 anos por vezes acorda, levanta-se e vai para a nossa cama, sem incomodar. Não acredito que a culpa de não dormirem seja nossa, é mesmo deles. Acho que tentei as mesmas rotinas e práticas com ambos e só resultou com um.

    Responder
  • Meeeedddddoooooo!!!!! ?

    Responder
  • Olá!!
    “Durmo com a maminha de fora e vou trocando de lado” – revejo-me TANTO nessa frase 🙂
    A minha filhota tem 13 meses e os primeiros 6 meses passei-os literalmente de maminha de fora TODAS as noites 🙂
    Os primeiros 15 dias dormitei no sofá, o meu marido já nem me acordava para ir para a cama 🙁
    Há cerca de 15 dias começou a dormir a noitinha TOOODA 🙂 na cama dela mas antes não dispensa a maminha 🙂
    Este é o relato de uma Mãe que vem muito mal habituada com o filho de 5 anos que aos 8 dias de vida ja dormia a maior parte das noites 🙂 e não.. Não estou a exagerar, em 5 anos o meu menino só dorme mal se estiver doentinho. Cada vez confirmo mais que as crianças não são iguais e eu tenho em casa duas provas disso 🙂

    Responder
  • Pois tenho o mesmo problema cá em casa ou não 🙂 tenho 2 meninos um com quase 4 anos e 19 meses, e todos os dias acordamos 4 na mesma cama… O Goncalo, mais velho dormiu sempre mal e ainda bebé ganhou-nos pelo cansaço e parte da noite passava na nossa cama. Hoje adormece na cama dele mas todos os dias seja no inicio ou fim da noite lá aparece ele.. O Francisco, ligeiramente melhor nunca quis chupeta ou biberão.. Resultado nada melhor que a maminha para acalmar.. Agora com menos frequência mas continua a ser a solução para quando acorda à noite! Confesso que com o Goncalo chegava a desesperar por uma noite de 8horas de sono, agora estou conformada e ate acho que já me habituei!

    Responder
  • […] ainda sobre sono e adormecer. aqui ficam algumas sugestões para lerem aos miúdos na hora de ir para a cama. não prometo que adormeçam mais rapidamente mas garanto que serão bons momentos para todos. e ler relaxa – para quem lê e para quem ouve. ainda hoje uma das memórias mais doces de infância é a voz da minha mãe a ler-me. […]

    Responder
  • É mesmo deles.
    A minha mais velha (hoje com 14), dormia as noites inteiras desde que nasceu (durante o 1º mês, eu é que acordava uma vez por noite para lhe dar mama…); a partir do 1º mês, deixei de acordar e ela também nunca deu por nada lol (eu é que acordava de manhã tipo Pamela Anderson :D).
    O mais novo (hoje com 10), acordava de 2 em 2 horas… nem chorava, fazia só barulhinhos, mas eu sabia que era fome. E porquê? porque S. Exa. era super híper mega preguiçoso e adormecia na mama passados uns 2 ou 3 minutos, e nada o acordava (a sério, nada… na MAC, a enfermeira queria que ele acordasse para comer; despiu-o e passou-lhe um toalhete na cara e afins… acordaste tu? assim acordou ele :D).
    Tem mesmo a ver com os miúdos, não é por sermos bons ou maus pais.
    Beijocas grandes.
    Mónica

    Responder
  • Gostava de ter lido sobre este assunto enquanto estava grávida. Foi um bébé muito desejado e é, hoje em dia, o meu maior tesouro e a minha maior alegria! Mas, a privação do sono, durante os primeiros meses, foram tortura que me levaram quase à loucura!! Consigo, agora, verbalizar a tristeza e angústia que senti durante esse tempo. Sentia medo e terror quando chegava a noite. Foi muito angustiante mesmo!!

    Responder
  • O meu filho também não dormia as noites todas, acordava 2 vezes para aconchego ou maminha, até que ficou doente e acordava 5 a 6 vezes super aflito. Neste momento estou a trabalhar cometo erro de o colocar a dormir na minha cama (ele tem 6 meses), mas sinceramente não me arrependo. Ele dorme das 22h até às 06h40 e não acorda. Sei que o vou colocar na cama dele e que ele lá dorme também, sei que vai acordar várias vezes, mas para não andar em modo zombie lá está ele a dormir com a mãe (assim também a mãe não dorme sozinha) o pai trabalha de madrugada.
    Dormimos os dois e acordamos bem melhor. Aproveitamos pois estamos o dia quase todo afastados!

    Responder
  • A minha filha tem 2 meses e três semanas. Inicialmente as noites eram um terror.. Começava a anoitecer e eu já sofria por antecipação. Era uma bebé muito difícil. Após os dois meses, já dorme praticamente a noite inteira. Deito-a entre as 23h e as 00.30 para que acorde também mais tarde… Neste momento dorme entre 6 a 8 horas seguidas. Quando acorda de manhã, vem para a nossa cama, dou maminha deitada e ela volta a dormir cerca de mais 2h. Não me posso queixar 😊 claro q há uma ou outra noite que acorda mais cedo, mas felizmente têm sido poucas ultimamente! E desde ontem que já começou a dormir no quarto dela…
    Para adormecer, o nosso truque cá em casa é ligar o exaustor!!! O nosso melhor amigo 😊
    Beijinhos*

    Responder
  • […] outro texto de esperança para os pais e mães de filhos pequenos que não dormem a noite toda. […]

    Responder

Deixe um comentário