Dieta das Princesas

Mais alguém gosta de inventar histórias sobre quem está à sua volta?

Inventar histórias

Detesto tirar conclusões sobre pessoas que não conheço porque detesto que façam o mesmo comigo. É a tal coisa de passarem por mim pela rua, eu com a trombas habituais, e dizerem que não sou feliz. Sabem lá!

Mas às vezes, quando estou muito tempo a olhar para as pessoas, consigo imaginar-lhe as vida, inventar histórias e tento adivinhar o que sentem. Nunca saberão quem são nem aquilo que concluí sobre eles por isso é um exercício inofensivo.

À minha frente está um casal. Era olha-o de forma muito apaixonada, aflita até porque ele não retribui o olhar. Quando ele olha, ela fica muito feliz. Ela toca-o e ele afasta. Ela é muito bonita. Envergonhada. Nem sequer sei se são um casal porque ainda não os vi beijarem-se. Mas ela ficou muito incomodada quando ele atendeu o telefonema de outra rapariga. Falam de pormenores como se fosse o primeiro encontro.

Quando vejo casais assim, em que na minha história inventada alguém gosta muito mais do que o outro, apetece-me ir lá intervir. Mas era chato, se calhar o outro está só num dia mau. Se calhar até no outro lhe fez alguma mais séria.

E o pior de tudo, nestas histórias que invento, é quando estou em algum lugar e começo a pensar que os outros estão a inventar histórias sobre mim.

Digam que não sou a única a inventar histórias…

 

Foto: Marta Dreamaker

Comentários (4)

  • Definitivamente nao es a unica 🙈

    Responder
  • FAco o mesmo. E sou Má e crítica e louca e digo que não faria assim é fazia assado e “que horror” e que lindoooo.. e que giro.. e que mau!!
    Mas sou feliz..

    Responder
  • Não és 🙂

    Responder
  • Não não és a única, adoro fantasiar sobre os outros.

    Responder

Escrever um comentário