Maternidade

Motel: a minha aventura com o Pedro

Verdade. Eu e o Pedro já fomos a um motel. Apesar do meu problema com os germes, que imagino a dançarem sempre discreta e subtilmente nestes espaços. Esta ideia foi fruto de duas horas livres a meio de uma tarde, em que demos por nós, no carro, a pensar: “e agora?”. Arriscámos e, em 120 minutos, fomos ao Machu Picchu. Há mais destinos, caso este não vos agrade. A entrada é discreta, os quartos são temáticos e é uma aventura que se recomenda para quem tem bebés e preciosas e raras horas longe.

Se, ao contrário de mim, não tiverem qualquer tipo de problema com jacuzzis e banheiras, onde suponho que residam gigantescas comunidades de germes (eu tenho um problema), aproveitem.

Nota: só adultos é que assistiram às filmagens deste vídeo. Pronto, e a Maria Luiza que aparece e não percebe nada.

Subscrevam o canal!

 

 

Comentários (12)

  • No Porto há um muito fixe, chama-se Flamingo.

    Responder
    • No Porto, existem varios e o meu preferido e o Tropicana em Gaia, tenho muito boas recordações com o meu marido 🙂

      Responder
  • Eu iniciei-me num Motel em Lisboa já depois dos 40. Foi bem giro. Eu também tenho esse “problema” dos germes daí ter escolhido um quarto sem banheiras e coisas semelhantes.

    Responder
  • O H2on em Loures também é top

    Responder
  • :)))

    Responder
  • Cá no Porto já fui a vários, são muito discretos, com garagem privativa e acesso directo ao quarto, com varão, just in case, além do Flamingo, existe o Habanna e muitos outros, estão sempre limpos, nunca utilizei o jacuzzi, não por causa dos germes mas porque não houve tempo, quantas mais horas, mais caro fica!!!! As decorações são um must!!! Dá para tirar fotos engraçadas:), depois é só puxar pela imaginação.

    Responder
  • Além de que, fazer amor
    Dá ao sorriso a cor
    Suprime a dor
    Preenche a vida
    Rejuvenesce e alinda.

    Por contraste o ressentimento
    Amofina o pensamento
    enruga e envelhece a pele
    cria a ruga prematura
    e torna feia a criatura.
    🙂

    Responder
  • Eu nunca fui a um motel apenas porque no meu tempo ainda era “tabu”e não se conhecia ( nós pelo menos…) , então fomos para um hotel muito em conta e perto de onde estavam as crianças ( avós)e do nosso emprego.
    E foi tão bom 💝 , já passaram muitos anos mas fez-me relembrar tempos tão giros, recambolescos e apaixonados.😃

    Responder
  • ADOREI! Muito bom!

    Responder
  • Hehe esquece la os germes, o que interessa e aproveitar e desfrutar do momento 🙂 Eu e o meu mais que tudo iniciais a nossa relação em motéis por nao termos mais sitios para onde ir e adoramos, temos tantas boas recordações desses nossos momentos tao nossos 🙂
    Bjinhosss

    Responder
  • […] Por falar em casamento, já nos viram as nossas lindas fotografias vestidos de noivos? Relembrem também a nossa primeira aventura num motel. […]

    Responder
  • Ora eu menina dos meus 39 anos, ” casada” com um ” senhor” de 26…. sorryyyyyy
    Uma filha de 15 anos, de outro casamento e uma piolha com 21 meses que não deixa dormir, qt mais outras coisas!!!!
    Moteis aqui perto nem por isso, ou pelo menos para fugir assim com tão pouco tempo… Mas ai está uma ideia fantástica e muito necessária…
    “Prontes” eu tenho um problema com WC mas ok levo as toalhitas, e umas toalhas e um troilley de quem vai 15 dias de ferias!!!
    Ainda faço a cama e passo o chão a pano…
    No fim passo eu a fatura ah ah ah ah ha

    Não a serio, vou mesmo falar nisso ao “moçoilo”, se lhe ganha o gosto, num instante perco os kilos a mais que tenho vindo a ganhar!!!!

    Beijoco

    Responder

Escrever um comentário