Relações

Casar com uma mulher divorciada?

Mulher divorciada. Casar com uma? Sim, obrigada

Casar com uma mulher divorciada? Sim, obrigada.

Não sou monarca nem sigo com afinco a vida da realeza. Na verdade o nome deste blog é mesmo a coisa mais incongruente que existe, mas assim nasceu e assim ficará. Dizia-vos que pouco sei sobre a família real britânica — e sobre todas as outras. Chorei quando a princesa Diana morreu porque estava sentada no sofá e fez-me imensa impressão por ela ir a fugir.

Não sou um blog de moda, mesmo que às vezes finja que sou, por isso não vou comentar o vestido ou os vestidos da rapariga. A Meghan é bonita, tem um olhar brutalmente sexy, mas não é a mulher mais bonita que já vi.

Podia dizer-vos que adoro a barba do Harry. Aliás, todo o Harry é um amor. Mas não, ruivos não fazem o meu género.

Vamos ao que (me) interessa. Meghan é mais velha que Harry. Meghan é uma mulher divorciada e assumidamente sexy. Acho mesmo que, fingindo que sou um blog de moda, aquele vestido foi para ver se ficava discreta, mas nem um saco preto abafava aquele olhar que põe o pobre Harry a morder o lábio. Meghan é divorciada e isso é apenas uma metáfora para uma mulher de 36 anos, normal, que amou, errou, tentou acertar.

Meghan é isso: uma mulher de 36 anos que viveu. Casou, separou-se. Foi uma mulher divorciada, que tornou a casar. Meghan é também a princesa que vestiu branco imaculado num vestido absolutamente simples (não estou a falar do preço).

Meghan é a prova que todas as mulheres podem ser princesas seja qual for o seu passado. E eu gosto tanto, tanto disso.

 

Lembrem-se: nunca desistir de ser feliz, com ou sem divórcio. E se houver miúdos, saibam que eles só nos querem ver felizes. Somos um exemplo.

Comentários (4)

  • Gostei tanto Catarina!

    Responder
  • Adorei este seu texto, e ainda mais pela fase que estou a passar. Tentar e errar, aceitar o momento e nunca nunca jamais deixar de acreditar em nós e na felicidade. E sem dúvida alguma que os filhos apenas nos querem felizes para podermos dar o nosso melhor 😊 obrigada pelo texto! Catarina

    Responder
  • Eu não sou nada de comentar, venho aqui imensas vezes, porque a tua forma de “falar” me cativa. No entanto, este tema é extremamente “sensível” para aqueles com mente fechada. No sigo e não vou seguir a realeza, mas de facto este casamento foi sem dúvida uma chapada e luva branca para muita gente, assim como o Papa Francisco! Obrigada Catarina pela tua sinceridade!

    Muitas Felicidades,

    Se quiseres visitar uma mini mini mini blogger , faz o favor de entrar eheh : http://www.sarcatsilva.blogspot.pt

    Responder
  • Este post está maravilhoso e inspirador!

    Responder

Escrever um comentário