viver família

Quais são as melhores cidades para viver em família?

melhores cidades para viver

Adoro Portugal, adoro viver em Lisboa, mas também adoro viajar. Acho mesmo que poupar para passear fora do País é um investimento com benefícios maravilhosos. A nossa última viagem foi a Londres, onde passámos o Natal em família. Esta quinta conto-vos tudo ao pormenor, com muitas dicas práticas e sugestões de sítios para passear.

Em novembro de 2017 a Homeday divulgou um ranking com as 100 melhores cidades para viver em família. Nos critérios foram avaliados aspetos (numa escala de 1 a 10) como a segurança, o custo de vida, a poluição, o sistema de educação, transportes, poluição, a existência de espaços verdes, o emprego ou a felicidade dos habitantes.

Como é que se realizou esta investigação? A plataforma perguntou a centenas de pais quais é que são os fatores mais importantes para criar uma criança na cidade. Descobriram, por exemplo, que a capacidade para comprar uma casa o acesso a bons sistemas de ensino estão no topo das prioridades. A partir daqui, determinaram as principais categorias para o estudo, com as quais analisaram milhares de cidades do mundo. Assim seleccionaram as 100 melhores.

Partilho convosco os 10 melhores deste índice por dois motivos: podem estar a pensar em mudar-se e podem estar à procura de um destino urbano de férias, mas que seja “family friendly”. Contem-me: quais são para vocês as características mais importantes para viver em família na cidade?

Nota: comecem a pensar em países nórdicos. parece que por lá tudo é maravilhoso.

Nota 1: Lisboa está em 57.º lugar. Não está mau. Mas podia ser melhor.

  1. Copenhaga, Dinamarca
  2. Oslo, Noruega
  3. Zurique, Suíça
  4. Estocolmo, Suécia
  5. Hamburgo, Alemanha
  6. Vancouver, Canadá
  7. Basileia, Suíça
  8. Toronto, Canadá
  9. Estugarda, Alemanha
  10. Munique, Alemanha

 

 

Aqui podem ver a lista completa das melhores cidades para viver em família.

 

E, já que falamos em viagens, já viram o roteiro para Cuba?

PARTILHAR

Comentários (2)

  • […] Em novembro de 2017 a Homeday divulgou um ranking com as 100 melhores cidades para viver em família. Nos critérios foram avaliados aspetos (numa escala de 1 a 10) como a segurança, o custo de vida, a poluição, o sistema de educação, transportes, poluição, a existência … Ver artigo completo no Blog […]

    Responder
  • Não está nada mau??? No dia 31 de Dezembro de 2016 ficámos para p final da fila no ToBe Burger porque tinhamos um carrinho de bebé e não cabiamos em lado nenhum. Frequentemente os restaurantes não têm fraldario. As portas são estreitas. A calçada portuguesa é o que se sabe. Não dá jeito nenhum. A sala infantil da biblioteca cá da chafarica tem acesso por escadas e fica no segundo andar. E os passeios. Estreitinhos, a acabar sem aviso, bloqueados por carros estacionados.
    E que sorte a nossa porque ter um bebé é uma escolha… já ter de andar de cadeira de rodas não é uma escolha.

    Responder

Escrever um comentário

Sigam-me no Instagram

1
Something is wrong.
Instagram token error.