homem lindo

O Homem mais Bonito

Quanto te conheci apaixonei-me por eras o homem mais bonito que já tinha conhecido. Senti-me, desde o primeiro instante, profundamente respeitada. Foi imediatamente muito bom. E o início de uma aprendizagem.


Nem sempre foi fácil, nem sempre foi linear. Foi sempre um saldo profundamente positivo.


Aquilo que te quero dizer é que sou apaixonada por ti, ao dia de hoje mil vezes mais do que no dia em que te conheci. Paixão daquela que me faz ter vontade de te dar beijos na boca assim que te vejo quando acordo.
Viver com o homem que amo, que me conhece, respeita e sabe como lidar comigo é um mundo novo. E é mesmo bom.

Post escrito com muitas hormonas pós parto, depois da primeira noite em casa, neste início de mais um acertar de rotinas desafiante e delicioso.

Aquilo que sinto…

Quase 20 anos de maternidade. Quase 20 anos sem o meu pai. Quase não tenho cabelos brancos e sei que o meu pai também tinha muito poucos. Quase não durmo há umas noites e tenho muito sono. Mas a vida permitiu-me sentir este cansaço num momento em que não preciso contraria-lo e isso faz toda a diferença. O maior luxo da minha vida são os meus amores e não ter pressa. Quase.

[1. Não longe de, não distante de, muito perto de, muito próximo a. 2. Pouco menos de.]

Parto da Mariana (primeira parte desta doce aventura) (diasdeumaprincesa.pt)

Continuação do parto da Mariana. O momento final. (diasdeumaprincesa.pt)

1 comentário em “O Homem mais Bonito”

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *