Sobre o parto da Mariana (parte 1/2)

0

Hoje conto-vos o parto da Mariana. O dia 5 foi de festa, 10 anos do meu Afonso! Não dormi nada de 4 para 5 porque até o xixi ia fazer com cuidado com medo de entrar em trabalho de parto.

O único problema deste dia quente de Agosto foi ter passado tanto tempo à mesa que os meus pés incharam mais do que nunca.


Recebemos os amigos família, pusemos a conversa em dia e o Pedro esmerou-se na receita do entrecosto. Até houve direito a dois bolos @happ.ines.s_sweetspot e uma piscina de brigadeiro da @sonia.edoce que nem tive tempo de fotografar.


Pouco antes de toda a gente ir embora, fui à casa de banho e as águas rebentaram. Eram 22h15.
Chamei o Pedro e os miúdos que ficaram mil vezes mais nervosos do que eu. Talvez Maria Luiza tenha ficado mais entusiasmada do que nervosa, porque olhou para mim com os olhos todos abertos e tão feliz que até me apeteceu levá-la connosco.


Parte boa de um dia de festa, a minha mãe estava em casa e a nossa Sara (que tem vindo ajudar com os miúdos nestes dias) também.


22h35 estávamos a sair de casa e eu a explicar ao Pedro para ter calma porque nem contrações ainda existiam. Conversámos sobre os cenários covid (tipo, se não entrares a tempo, não há problema, importante é que a miúda nasça) e ouvimos algumas das minhas músicas preferidas, e o Pedro não se importou de pôr a RFM no máximo 😂. Atenção que nem num momento destes o Pedro estaciona mal o carro por isso ainda fizemos duas tentativas falhadas.


(o parto da Mariana continua)

Comentar

O teu endereço de email não será publicado.