5 coisas que eu sempre disse mal da minha mãe e estou igualzinha

3

Coisas muito importantes neste segunda-feira. Estou de volta ao YouTube para falar daquilo que sempre achei que não aconteceria comigo. Ficar igual à minha mãe? Impossível!  A realidade não é bem essa. Já repito as histórias vezes sem conta. Dou por mim a dizer aos meus filhos que nesta casa quem manda sou eu e que não vivemos numa democracia. Também uso o velho argumento, que tanto odiava quando a minha mãe utilizava: Um dia vais perceber… Quem diria?

Depois de verem o vídeo, façam o favor de subscrever o canal porque vamos ter muitos e novos vídeos. o Afonso quer 1 milhão de inscritos.

Minha mãe

Mas não é de admirar. É que, desde sempre, sempre quis que todos soubessem que ela é minha mãe. Porque o orgulho e gratidão são mesmo infinitos e desmedidos.

“Sempre quis que todos soubessem que és minha mãe. Gostava de ficar à porta a ouvir as tuas aulas, ou espreitar-te nos laboratórios. Gostava de almoçar contigo e com os teus estagiários e ouvir-vos conversar. Sempre quis que todos soubessem que és minha mãe. Pedia-te para me ires buscar quando saía à noite e chamei por ti quando a bebedeira era maior do que devia.

Sempre quis que todos soubessem que és minha mãe. Adorava quando compravas os livros que nos faltavam para os trabalhos de grupo. Ou quando me obrigavas a pensar por mim enquanto eu gritava numa birra de menina mimada a estudar matemática. Sempre quis que todos soubessem que eras minha mãe. E vestia a roupa que me fazias. Os fatos de carnaval que apareciam como magia aos pés da cama do dia que precisava deles para ganhar o concurso na escola e despi aqueles calções com que não me deixavas sair de casa. Sempre quis que tos soubessem que és minha mãe e repetia o nosso apelido, para que todos soubessem que sou tua filha. E comovia-me quando ouvia os teus alunos falarem de ti. Os teus colegas. Os teus amigos. E queria que soubessem que sou tua filha. Porque tenho um orgulho gigante na mulher que és.”

Bom dia e boa semana.

3 Comentários
  1. […] post 5 coisas que eu sempre disse mal da minha mãe e estou igualzinha appeared first on dias de uma […]

  2. Joana Santos says

    Por aqui, acontece o mesmo! :p

  3. Márcia Guerreiro says

    Eu uso a expressão “vomitar a minha mãe” lololol, que é quando sinto que ela literalmente me sai pela boca fora. lolol

Comentar

O teu endereço de email não será publicado.