Maternidade O Meu Diário

acho que são 26 semanas *

* sou tão má a contar isto das semanas.

 

assim, em jeito de resumo. a foto foi tirada no Holmes Place, depois de um treino. o ângulo é bom porque na foto acho que – tirando a celulite que a gravidez gosta de oferecer ao rabo – estou óptima. mas, na maioria dos dias, sinto-me enorme. sei que estou mais pesada do que devia mas vou fazendo um esforço para não usar a gravidez como desculpa para me permitir a todos os exageros. aproveitar a gravidez é importante mas eu também sei que estar serena no pós parto é igualmente importante [por isso não quero ter um exagero de peso para perder depois].

a miúda mexe-se muito e sei que terei saudades destes momentos [digam-me que não sou a única mulher que, quando não está grávida, durante uma crise de gases não sonha que é o bebé a mexer-se]. eu esqueço-me que estou grávida excepto quando a sinto e quando fico a morrer [mas mesmo a morrer e sem respirar] nas subidas. também me lembro que estou grávida quando tenho crises de mau humor [mas também as tinha quando não estava grávida mas agora tenho uma justificação muito mais poderosa].

faço exactamente as mesmas coisas que fazia. treino, carrego compras e passeio com o meu filho pequeno às cavalitas mas – e este “mas” é importante – quando sinto que preciso de descansar, paro, deito-me e levanto as pernas. a grande diferença em relação às outras gravidezes tem sido essa atenção a que me permito: treinar, descansar quando preciso e fazer massagens [já arranjei seis mãos para cuidar de mim, todas com características diferentes e únicas, falei da 2Be e do Alegria Wellness & Spa neste post e ontem fui fazer drenagem linfática manual na Clínica Maxfac].

o meu filho grande tem sido um apoio fundamental nos dias em que as hormonas me alteram o humor para qualquer coisa como tenho-tanta-pena-de-mim-mesmo-que-estou-gorda-chata-e-cansada. o meu filho pequeno está completamente rendido e encantado perante a ideia de ter uma irmã, levanta-me a roupa e enche-me de beijos e mimos. logo a seguir pergunta o que é a mana lhe disse – ele acredita mesmo que eu posso transmitir aquilo que a Maria Luíza lhe diz.

o Pedro é de uma paciência infinita. se calhar o amor-a-sério é mesmo assim mas, sendo para mim uma novidade, ainda me encanto e comovo como uma adolescente. impressiona-me sempre poder ser exactamente como sempre fui e isto de estar apaixonada ter tanto de louco como de sereno.

 

 

 

 

 

Comentários (7)

  • Acho q está mto bem. E devem ser 26 semanas pq há uns tempos tinha 7 de diferença de mim e eu agora estou com 19 lol

    Responder
  • Linda! Tamb+em quero uma barriga assim para mim, e bem depressa! 😀

    Responder
  • Estás óptima 🙂 Entro amanhã na 35ª semana (só acerto nas semanas com ajuda de uma app!). Sinto-me cansada (embora o aumento de peso tenha sido mínimo, a única vantagem que encontro em ter diabetes gestacional é mesmo engordar muito pouco) e esta é a grande diferença que sinto relativamente à gravidez anterior. Talvez ter que correr todo o dia atrás de um mafarrico de 17 meses explique o cansaço! 😀

    Responder
  • Por cá vamos com 29 semanas e as sensações são muito semelhantes às descritas. Continuação de uma boa gravidez.

    Responder
  • Gostei muito de conhecer o blog! Que linda barriga 🙂
    Bj S

    Responder
  • ohhhhhhhhhhhh 🙂

    Responder
  • E quando perguntam “E de quantas semanas está?” Tenho de fazer uma pausa para pensar porque também me perco…
    Eu estou de 25 semanas. É a primeira. E estou a adorar cada momento. Ontem o pai sentiu-a pela primeira vez 🙂 São coisinhas que ficarão para sempre na memória.

    Responder

Escrever um comentário