Hoje vamos falar de política

0

Às vezes agradeceram-me por não ter medo de falar de política. Sabe-me bem ler isso porque há dias em que dá medo mesmo. Fala-se pouco de política ainda que as decisões políticas estejam presentes em todos os dias e horas das nossas vidas.

Falar de política é querer partilhar convosco os valores em que acredito, a visão de sociedade que desejo. Se falássemos mais sobre política, estaríamos mais atentos, mais activos, mais prontos para mudar o mundo (da nossa casa, da nossa rua, do nosso país).

Não acredito numa sociedade movida pelo lucro. E acredito que os bens essenciais devem ser controlados e geridos sem nenhum objectivo para além de servirem as pessoas. Com a mesma força acredito que os pequenos empresários são essenciais em muita coisa, inclusive na criação de emprego.

Posso mostrar aquilo em que acredito quando discuto política ou voto nas eleições. Posso contribuir para manutenção dos postos de trabalhos se, na proporção responsável do meu rendimento, continuar a consumir nos pequenos negócios.

Vivemos tempos de crise, duríssimos, que puserem a descoberto muitas fragilidades da sociedade. E num mundo de desigualdades esta crise incidirá sempre sobre os mais fracos.

Cabe a cada um de nós ser responsável porque vivemos em comunidade. E isso não é apenas usar uma máscara. É sermos críticos perante o mundo que vivemos. É não aceitar um vírus como desculpa para despedir ao mesmo tempo que os lucros são distribuídos. É não aceitar que depois de tudo isto os ricos estejam cada vez mais ricos. E, por exemplos, os negócios que empregam 2 ou 3 pessoas, tenham fechado.

Ser responsável nesta pandemia é mantermos as portas que queremos ver abertas quando tudo isto acalmar.

Comentar

O teu endereço de email não será publicado.