Quanto custa construir uma casa?

12

A maior parte das mensagens que recebo no Instagram sobre a casa – para além da curiosidade sobre o método de construção (ontem falámos sobre o LSF neste post) – perguntam sobre dinheiro. Quanto custa construir uma casa? Há tantas condicionantes que uma resposta rápida não basta.

 

Vamos lá a contas.

Terreno.

Há terrenos para todos os valores. Tem que ser urbano e, se quiserem financiamento, tem que estar em metros quadrados. Há terrenos enormes mas onde podem construir pouco. Há terrenos pequenos em que podem ocupar o espaço todo. Há moradias isoladas (espaço todo à volta), geminadas (colam de um lado) ou em banda (colam a outra vivenda dos dois lados). O valor depende disso tudo e da localização. Disse-vos neste vídeo e mantenho, uma (boa) imobiliária dá jeito. O nosso terreno tem pouco mais de 400 m2 e custou 80 mil euros, na margem sul. Vamos construir uma casa com 150m2 em dois pisos.

 

Licenças e projecto 

Há terrenos à venda com projecto aprovado. O projecto é o desenho da casa e é feito pelo arquitecto e as especialidades (digamos que são os pormenores técnicos) pelos engenheiros. O facto do projecto estar aprovado não significa que as licenças estão pagas e essas custam bastante.

Sobre o projecto depende da equipa e há valores para todos os gostos. As licenças dependem das câmaras e dos metros quadrados que querem construir (Almada é bastante cara). Atenção, são processos que demoram bastante! No nosso caso, números redondos para tudo isto, pensem em 15 mil euros.

E as nossas queridas Elizabete e Madalena concretizaram exactamente a casa que queríamos

 

Antes da casa

A luz e a água podem estar mesmo à porta ou longe. Os ramais custam dinheiro. Tudo custa dinheiro. E demora tempo.

O terreno pode precisar de ser limpo, terrenas retiradas, e outras coisas antes da construção. Também custa dinheiro. Peçam sempre dois orçamentos, nós pedimos a limpeza do terreno e recebemos orçamentos de 500 e de 2000 euros.

 

A casa

A construção depende da estrutura mas o preço final depende mesmo é dos acabamentos. Uma cozinha pode custar 1000 euros ou 30 mil euros. Uma sanita pode custar 100 ou 2000 (ou mais). As janelas podem custar pouco e serem uma porcaria ou bastante e serem uma porcaria também (peçam referências, eu deixei aqui a minha, preço super competitivo e qualidade superior). Todos os exemplos chegam aqui. Nós vamos fazer toda a casa em cimento afagado mas há pavimento para valores muito superiores a 200 euros o metro quadrado.

Vamos pintar toda a casa com tintas Dyrup (específicas para cada espaço) mas há revestimentos para todos os bolsos.

Depois o mundo da energia e climatização, painéis solares, chão radiante (vamos ter) e outras possibilidades. Também prometo escrever sobre o assunto.

Numa casa normal com bons acabamentos (mas de pessoas poupadas) diria que 1000 euros o metro quadrado é uma boa referência.

Atenção que depois nisto de construir uma casa há o jardim, todo o mundo de possibilidades e orçamentos a que ainda não cheguei.

 

 

Queriam saber quanto vamos gastar a construir uma casa?

Casa de 150m2, terreno de 400m2, tudo tudo tudo incluído, não podemos passar os 290 mil euros. É isso.

12 Comentários
  1. Corvo says

    Pode poupar um bocadinho.
    Onde seja preciso espetar pregos a Catarina compra os ditos e o marido espeta-os no sítio devido.
    Considerando o investimento de um martelo, acho que poupará no mínimo uns 37 euros.
    Ou pode ainda melhorar a poupança para uns 43 euros se pedir o martelo emprestado a um trolha. 🙂
    Felicidades! Quem investe 290.000 euros numa casa merece que ela lhe proporcione a maior felicidade.

    1. Nome says

      exacto. 290 mil euros numa casa…
      quem tem 290mil euros ou tem boa folga financeira ou é louco
      na minha opinião pode.se fazer uma casa muito modesta e com boa construção por menos que isso.
      mas isso já sou eu a falar….mas se for o Ricardo Salgado a patrocinar, tudo bem….

  2. Rita says

    Olá Catarina! Sei que a Catarina não é expert nestes assuntos e efectivamente os seguidores ficarão agradados com a informação que lhes está a dar. Desde já parabéns por fazê-lo sem ser sua obrigação. Como trabalho na área gostaria só de fazer duas pequenas correcções. Em relação ao texto relativo ao terreno: um terreno não tem de ser urbano para se poder construir nele. Há a designação de urbano ou rústico associado ao registo do terreno e à matriz predial (conservatória e finanças) e que em nada impede a construção. E depois há a qualificação do solo para efeitos de PDM, que tem várias classificações entre as quais espaço urbano e em que efectivamente em muitos municípios a construção de habitação unifamiliar está vedada a solos classificados como rurais. Em relação ao custo da casa: o mais caro numa obra é a arquitectura e a estrutura (ou seja, toda a envolvente exterior do edifício desde paredes, coberturas, pavimentos, impermeabilizações, isolamentos, todos os elementos estruturais, movimentos de terras, fundações, em suma tudo o que não é revestimento final) seguido logo pelas serralharias que são os vãos (janelas, portas, sacadas) em alumínio ou aço. É claro que para o cliente onde é mais palpável a poupança que pode ou não fazer com as suas escolhas é nos acabamentos e revestimentos interiores e exteriores 🙂 espero ter ajudado sem complicar muito. Beijinhos e muitas felicidades na nova casa

    1. Catarina Beato says

      Vou ler isto com mesmo muita atenção. Obrigada 🙂

  3. Pedro Campos says

    Olá. Parabéns pelo seu projeto!
    Estou prestes a iniciar uma aventura semelhante em lsf. Gostaria de lhe perguntar qual a construtora que contratou, pois tenho lido tanto mas ainda não encontrei um testemunho sobre uma empresa de construção com este método.

    Se me pudesse ajudar, seria excelente.
    Muito obrigado.
    Pedro Campos.

  4. dulce says

    Bom dia,
    Tendo terreno e protejo já aprovado, alguém me sabe dizer mais o menos o preço da construção de uma moradia? T3 de dois andares? Eu sei que a muitas varias no material e isso tudo mas seria mesmo para ter uma ideia se fica por cerca de 30 mil, 50 mil,….?
    desde já obrigada

    1. Jorge Piedade says

      Tem o valor de referência por m2 na publicação. Um 3 pode ter 150 ou 400 m2

  5. Adriana says

    É muito fixe toda esta informação!
    Fico a espera de novidades sobre as energías!
    Cps!

  6. […] Notícias da casa quase pronta: as tintas escolhidas! Hoje vamos falar sobre outra vez sobre obras na recta (quase) final desta aventura que mais parece a história interminável.  […]

  7. […] (várias vezes neste processo e já vos disse isso) que, perante um orçamento que vai desaparecendo, deixamos algumas decisões para aquele lugar do “pode ser de qualquer maneira”. Mas […]

  8. Daniela says

    Querida Catarina, estou a aguardar a aprovação do projeto de arquitura da minha futura casa por parte da C.M. Porto. Projeto submetido a 1 de agosto de 2019…casa (“ruína” comprada em setembro de 2018)….um teste à minha resiliência, mas já está praticamente aprovado (UFAAAA!). Agora falta caderno de encargos, empreiteiro e bancos… reabilitar (e ampliar..) uma casa com 100 anos…a verdadeira aventura 🙂 obrigada pela partilha, eu o meu namorado sempre falámos nos 1000€/m2, espero mesmo que não ultrapasse muito essa valor. Fingers crossed! Entretanto, vou ler todos os seus posts sobre este assunto 😀 parabéns por já ter a casa praticamente pronta, mal posso esperar por chegar a esse dia (com 8000 cabelos brancos, imagino!)!

  9. Manuela says

    Queria construir casa já com terreno
    Com 2 quartos 2 casas de banho
    Só com um piso
    Terreno em Cabeceiras de Basto

Comentar

O teu endereço de email não será publicado.