O Meu Diário

Vou ter outro filho só para manter o blog

uso a minha filha para ter um blog

Na última foto que pus no instagram uma leitora dizia que uso a minha filha para ter um blog.

Desiludida julgava-a mais inteligente sem ter necessidade de se servir da sua filha para ter um blog. E qdo ela crescer ??? … pouco muito pouco !!! Saudinha da boa.

Brinquei dizendo que quando a Maria Luiza cresce tinha outro filho só para manter o negócio. E a senhora levou a minhas palavras a sério…

Bem, este é um assunto recorrente, mas vamos por partes: incomoda-me expor os meus filhos na internet? Sinto-me consciente na forma que o faço mas não sou imune a alguns pensamentos auto críticos. Naturalmente se um blog é um diário e se ser mãe é 90% dos meus dias, os miúdos estão lá. Conforme crescem têm vontade própria mas não deixam de ser indivíduos quando ainda não falam e não me podem dizer “não publiques isso”. Uso o bom senso. Tento. Se um dia estiver desconfortável com a minha decisão actual altero a minha postura. Mas sabendo que o vai para a internet, fica na internet.

Isto serve para quem tem um blog e para todos os comuns mortais que usam as redes sociais para partilhar as fotografias de família. A privacidade tem que ser protegida de acordo com aquilo que mostraríamos no café e não achando que este é um lugar seguro.

Agora sobre usar os miúdos para ter um blog. Este espaço existe há quase 14 anos, sem fotos, com fotos, falando de filhos, falando de mim, falando de coisa nenhuma. Aí tenho certeza no que afirmo. Não preciso dos meus filhos para ter um blog. Mas fazem parte da minha vida é este é um diário (público, verdade, mas um diário). Hoje a Maria Luiza está comigo em casa, amanhã não estará. Há quem chegue aqui e não sabia que existe um filho de 16 anos e foi com ele que este blog nasceu. Daqui a uns anos falarei de outros temas, dos cruzeiros da terceira idade e das fraldas para a incontinência se isso for relevante.

Vá, estava a precisar de uma hater a dizer que uso a minha filha para ter um blog para escrever qualquer coisa mais pessoal. Obrigada a quem me lê. E dias doces.

 

Comentários (3)

  • Às vezes também tenho dúvidas sobre certas coisas e fotos que publico. Mas, sinceramente, cada vez menos! O mundo mudou, vivemos na era das selfies and so on… Hoje em dia tudo é digital, é normal que a nossa vida também esteja cada vez mais no digital. A partilha de informação, fotos, selfies etc, é cada vez maior. É hoje em dia já todos sabemos bem o que devemos e não devemos publicar, right?? E há cada vez menos paciência para os velhos e velhas do Restelo…

    Responder
  • Nada de mais. Releve.
    Uma das inconsoláveis viúvas da Picante.
    Continuação de excelentes e felizes dias.

    Responder
  • Catarina, continua tal e qual como até aqui… Vozes de burros não chegam aos céus!

    Responder

Escrever um comentário