exercício na gravidez [e outras novidades]

2

já aqui expliquei que um dos meus objectivos era continuar a treinar durante a gravidez. ao contrários dos meus planos – aos 38 anos ainda não aprendi que há alturas da vida em que não se fazem planos – os primeiros meses não foram fáceis. mas, assim que me senti bem e com a devida autorização médica, voltei a treinar. a minha Inês não me deixa desistir, tem uma paciência brutal, mas também se zanga quando é preciso. não minto: treinar com mais peso é um bocadinho desmotivante porque custa mas compensa sempre, tanto pela sensação de controlo sobre o corpo, como pelo bem estar que isso me proporciona tanto a nível físico como mental. para além dos treinos orientados tento manter os meus 5 quilómetros diários de caminhada [o dobro quando vou passear para o paredão porque apanho sol e aproveito para conversa com a grávida-fit que me faz companhia].

há um mês tive uma grande crise de ciática e decidi completar os treinos [e os alongamentos mágicos da Inês] com pilates.

 

Pilates

 

estou no Mom and Me duas vezes por semana e adoro. fui lá parar por causa do pilates [já vos falo mais sobre as vantagens desta modalidade na gravidez] e apaixonei-me pelo projecto. o Mom and Me nasceu da necessidade de uma mãe que queria ter um espaço onde o filho pequenino pudesse estar com outras crianças mas apenas uma parte do dia, ou apenas uma hora em alguns dias, e num ambiente familiar. entendo perfeitamente a Sara porque senti exactamente o mesmo nos três anos em que fiquei com o A. em casa.

 

Espaço Mom and Me

 

aconselhada pelo pediatra, Sara explica que teve que retirar o filho mais novo da creche e despedir-se da empresa onde trabalhava para lhe dar todo o apoio que necessitava: “de repente vi-me mãe a tempo inteiro, com todas as alegrias e solidão que isso acarreta e senti uma vontade imensa de partilhar este momento com alguém que estivesse a vivenciar o mesmo”.

o espaço destina-se a bebés entre os 3 meses e os 4 anos e pretende, para além das actividade de socialização para os bebés, ser uma “segunda família”, uma rede de apoio [assim como a comunidade em que imagino viver]. tenho que escrever um post só sobre isto!

 

podem ver mais no site Mom and Me ou o Facebook.

e bom dia!

2 Comentários
  1. Tânia says

    Olá Catarina, é a primeira vez que estou a deixar um comentário no seu blog, mas já há muito que o sigo.
    Tal como a Catarina, também estou grávida mas muito recente de apenas 6 semanas. Gostaria de manter a actividade física mas tenho algum receio, pois só comecei a treinar um mês antes de engravidar (isto é que foi pontaria, lol). A minha duvida reside se deverei manter os treinos de (mix e pump)… isto agora tem de ser mais leve em termos de intensidade, também irei para a natação.
    Adoro a sua maneira de ver o mundo assim como a forma a que se entrega a cada projecto. Muitas felicidades, de mãe para mãe 🙂

  2. […] a todos as adaptações que este estado-pinguim-hipopotámos-feliz trouxe, achei que era boa ideia recuperar este post da Anita. uma coisa já aprendi: escolher o que […]

Comentar

O teu endereço de email não será publicado.