Sonhos

Os meus diários

Quando me faziam aquelas perguntas estúpidas, como: “O que salvavas em caso de incêndio?” sempre respondi: “Os meus diários.”
Os meus diários são uma verdadeira preciosidade. São parte da minha vida.
Escrevi o meu primeiro diário com 8/9 anos. Desisti de escrever diário a partir do momento em que passei a ter medo que o lessem. Devia ter 17/18 anos.
Tenho muita pena de ter deixado de escrever.

Sonhos

Adolescência

Todos conhecemos a teoria de que existe sempre uma criança dentro de nós. A história de sermos eternas crianças.
Concordo sem qualquer objecção. Mas não me identifico com a ideia.
Tive uma infância feliz. Muito feliz.
Tive muito mimo. Muito amor. Muitos amigos. Brinquei. Arranhei-me. Desembrulhei presentes. Comi panquecas.
Mas a criança que fui ficou na minha infância. Adormeceu contente no meio dos brilhantes anos 80.

Sonhos

Responsável

– Foi o tempo que tu perdeste com a tua rosa que tornou a tua rosa tão importante.
– Foi o tempo que eu perdi com a minha rosa… – repetiu o princepezinho para nunca mais se esquecer.
– Os homens já não se lembram desta verdade – disse a raposa. – Mas tu não te deves esquecer dela. Ficas responsável para todo o sempre por aquilo que cativaste.