O Meu Diário

Estabilidade: esta fase da vida

estabilidade

No outro dia em conversa com a Catarina Antunes falávamos sobre a esta fase de estabilidade. É mesmo isso. Se tivesse que descrever esta etapa da vida era mesmo isso: estável. E entendam que nesta palavra cabem todas as mudanças e montanhas russas do mundo. Mas eu estou estável, faz sentido?
Assim como se comesse muito ou pouco a balança marcasse sempre o mesmo peso. E é um peso para o qual gosto de olhar todas as manhãs. É o metáfora.

PubliPost

Eu inventei a frase “a vida resolve-se sozinha”. E vocês?

Engraçado como às vezes parece que descobrimos a pólvora, só que algures neste mundo constituído por sete mil milhões de pessoas alguém pensou exactamente no mesmo. Isto acontece com tudo: raciocínios filosóficos e existencialistas, receitas, palavras, frases, ritmos.  “A Vida Resolve-se Sozinha” é a minha frase.

Relações

Violação é crime. E a culpa nunca é da vítima.

Violação é crime

Dormi mal e acordei muito mal disposta. Ontem à noite vi a reportagem da SIC – podem ver nest link https://sicnoticias.sapo.pt/programas/reportagemsic/2019-01-27-Crime-Silencio-e-Preconceito – e tive muita vergonha da justiça neste país. Como é que a lei pode privilegiar um agressor e ignorar a vítima?! Violação é crime. Violação é crime grave.

Maternidade

Os brinquedos, os estereótipos e a identidade de género

estereótipos

As chamadas questões fraturantes vieram ao de cima e entraram em vários setores da vida. A educação das crianças, naturalmente, não ficou de fora, porque é como o ditado diz: de pequenino é que se torce o pepino. O cliché é muito verdadeiro: as crianças de hoje serão os adultos de amanhã. E os adultos de amanhã vão agir de acordo com os valores e exemplos que lhes foram passados.

Maternidade

“A licença parental partilhada ajudará a transformar a percepção de que cuidar é uma responsabilidade feminina”

Licença parental partilhada

Voltamos ao tema sobre quem fica com bebé quando ele nasce. Estruturalmente, a sociedade está moldada para que seja a mulher a prescindir de uma carreira ascendente, porque não pode viajar tanto, porque não pode ficar até tão tarde, porque vai estar ausente na última fase da gravidez e primeira da vida do bebé. É a mulher que, regra geral, fica em casa durante mais tempo a cuidar do bebé. O homem segue para o trabalho.

Vida Saudável

Carta para Maria Botelho Moniz

Maria Botelho Moniz

Li esta entrevista a Maria Botelho Moniz – “Eu sei o que tenho que fazer para ter o corpinho que amava ter, mas o cérebro não acompanha” – e pensei: é isto mesmo. E quis dar-lhe um abraço. Vai por carta.
 
Eu só de respirar já lá vai meio quilo. No meu caso – e acredito que em grande parte dos casos – é uma luta muito mais psicológica.

PubliPost

Já começaram a pôr em prática as resoluções de ano novo?

Ano novo. Já começaram a pôr em prática as resoluções?

Isto dos balanços é muito giro, mas o mais difícil vem depois. Pôr em prática as resoluções de ano novo é o grande desafio, porque implica mudanças estruturais nos nossos hábitos de vida, que culminam quase numa transformação a nível pessoal.
Já falei sobre o meu problema de compulsão alimentar, sobre este vício que é comer emocionalmente.