Fase das decisões: a parte eléctrica

0

Começo por vos contar uma história. Na casa onde vivemos, em Lisboa, a instalação eléctrica era antiga, e à conta disso apanhámos uns sustos. Curto circuito, que se não fosse o medo daria uma boa discoteca, e o facto de não poderem estar dois aparelhos eléctricos ligados ao mesmo tempo. Quando começámos a construir tínhamos definido que a parte eléctrica estava no topo das nossas prioridades. Vimos muitas referências à Scheinder Electric e foi essa a nossa escolha. 

É verdade que a parte visível é linda (os interruptores e as tomadas são mesmo aquilo que eu queria) mas só me interessa ter certeza absoluta que estamos seguros na instalação eléctrica. 

Percebi (várias vezes neste processo e já vos disse isso) que, perante um orçamento que vai desaparecendo, deixamos algumas decisões para aquele lugar do “pode ser de qualquer maneira”. Mas casa de família quer-se segura e os equipamentos da Schneider Electric garantem que a instalação eléctrica está em conformidade com todas as rigorosas normas de segurança! 

Já está: quadros de distribuição eléctrica, aparelhagem modular, interruptores (lindos, lindos, lindos) e tomadas com conectividade (mas disso falo mais tarde porque é outro mundo).

Ansiosa por mostrar tudo! Pediram e eu prometo que depois faço uma house tour (acho que é assim que se chama).

Viram o vídeo sobre o primeiro dia desta aventura? Foi quando fiz 41 anos. Será que conseguimos acabar antes dos 42?

E viram o vídeo no instagram? Até consegui bater com os óculos na tomada, foi da emoção.

Comentar

O teu endereço de email não será publicado.