PubliPost

O “amigo fixe” de todos os pais no verão

Praia. O amigo fixe de qualquer pai no verão é mesmo este

Existem dois tipos de crianças na praia (deve haver mais, mas na minha cabeça só encontro estes dois agora): as que aterram com os pés na areia e desandam em euforia, com corridas e mortais encarpados para a água; e as que, com medo/impressão da areia, não largam o colo ou não saem da toalha.

Seja qual for o caso, a primeira coisa a fazer é besuntá-los de protetor solar, pelas razões óbvias e importantes (porque também é serviço público o que por aqui se faz). A bem dizer, a palavra “besuntar” não encaixa, de todo, aqui. Falamos em besuntar quando nos referimos aos cremes que os deixam brancos, a colar, cheios de areia e que saem no primeiro mergulho, contaminando a água.

Como vos venho falar da Bruma Anti areia de Ambre Solaire, nada disto se aplica (nem no texto, nem no corpo). Além de testado sob controlo pediátrico (que é sempre uma segurança), este protetor solar é o “amigo fixe” de qualquer pai.

Primeiro: no caso dos filhos que querem arrancar a toda a velocidade para as brincadeiras na areia, evita-nos fazer aquele papel de mãe/pai chato que adia toda a diversão 15 minutos, porque ainda falta o protetor solar. Puxa aqui, levanta dali, espera que falta do outro lado. Isso já não acontece. A aplicação fácil 360º, com um spray que funciona em todas as direções, os 15 minutos de seca passam a míseros minutos.

 

E descansem! Pode não se ver, pode não colar, pode não ter que se espalhar, pode ser super fácil de aplicar; uma coisa é certa: os miúdos vão estar super protegidos. Além de hipoalergénico, adequado até à pele mais sensível, é resistente à água e tem uma proteção muito alta contra os raios UVA e UVB. E a vida é-nos facilitada, até porque já os podemos comprar no supermercado, sem necessidade de ir à farmácia.

Segundo: no caso dos filhos pouco à vontade com a areia, mais fácil fica. Até no colo conseguimos meter-lhes o protetor!

Acreditem em mim quando digo que rastreio o melhor para vos dar. Aqui está mais um exemplo, onde a facilidade se alia à segurança. Agora é pedir que o bom tempo fique!

 

E se falamos em praia, vamos falar sobre a superprotecção dos miúdos nas férias do verão, neste post.

Escrever um comentário