PubliPost

O que comprar para a mesa de Páscoa?

Mesa de Páscoa. Como é que vai ser a mesa este ano? Cheia de coisas boas

E lá vem mais uma data especial. Associo sempre a Páscoa ao meu aniversário. E mesa cheia, claro! Por mais que não goste desta coisa das datas — e por mais repetitiva que seja esta conversa — há tradições e convém tratá-las com carinho. Se forem como eu pode ser no domingo, dia 21, ou noutro dia qualquer. Todas as desculpas são boas para juntar as pessoas de quem gostamos e comer coisas deliciosas.

Já sabem (tão bem como eu implicar com as datas especiais) que vou à compras ao LIDL. Com os meus sacos porque naqueles onde vou já não há sacos plásticos (Lidl vai abolir, até ao final de 2019, os sacos de plástico para as compras. Isto é mesmo importante!).

Ora bem, comecemos então a planear o banquete. A gama Deluxe é muita boa (em todos os dias do ano, não esperem pela Páscoa). Vou escolher os Quartos de Cabrito e de Borrego, pratos obrigatórios nesta altura do ano e dedicados à minha amiga Li que está sempre a queixar-se que ninguém lhe cozinha borrego, e os lombos de bacalhau demolhado MSC. Já sabem exactamente porque é que o bacalhau no LIDL é o melhor? Leiam aqui. Para as entradas, ou até mesmo para prato principal (para quem quiser variar), há empadas de pato .

Na secção das sobremesas — uma das minhas preferidas — há broinhas de ovos moles de Aveiro  e, claro, o clássico Folar de Páscoa com ovo.

Mas não é só isto. Na gama Favorina há mais guloseimas, daquelas que são perfeitas para quem faz a tradicional caça ao tesouro com os miúdos: os coelhinhos, ovos de chocolate tradicionais e amêndoas com cobertura.

Voltemos às garantias de sustentabilidade. Tanto a gama Deluxe, como a Favorina, são certificadas pela UTZ e Fairtrade Cocoa Program, que dão resposta às preocupações ambientais cada vez maiores quer dos consumidores, quer das próprias marcas.

Portanto, no Lidl podemos estar descansados: não só o cacau é de origem sustentável como se trata de uma marca que financia a criação e o funcionamento da escola agrícola PROCACAO para uma produção de cacau mais sustentável na Costa do Marfim. Eu diria que a forma perfeita para comer chocolate. Na Páscoa e durante o ano todo!

 

E o motivo por que não gosto de comer à mesa? Explicado aqui.

Escrever um comentário