PubliPost

Relembrar a crise de piolhos do verão passado (com dicas muito práticas)

No ano passado, durante o verão, tivemos uma crise de piolhos cá em casa. Todos mesmo! Vá, escapou a Maria Luiza. É um assunto de que nunca se fala muito, mas acho que o devemos fazer sem vergonha. Piolhos não são sinónimo de falta de higiene, ao contrário do que se pensa. Cabeças sujas ou limpas estão de igual modo sujeitas à sua visita indesejada e temporária.

Piolhos são insetos (sem asas, que não voam ou saltam) que rastejam e passam de cabeça em cabeça. São bichinhos que, regra geral, invadem famílias com miúdos pequenos e que gostam muito de atacar no verão, quando há trocas de chapéus, convívios próximos nos autocarros de colónias de férias ou campos de férias, quando as cabecinhas das crianças tão amorosamente tocam umas nas outras. Foi exatamente assim, depois da nossa semana de férias em família alargada.

Resolver uma crise de piolhos hoje é bem mais fácil do que era há uns anos (como tão bem comprovei no verão passado), ainda que seja obrigada a confessar que consigo sentir-me idosa ao lembrar-me de como é que os meus pais tinham que me tirar os piolhos, um a um. Também me lembro que, quando o Gonçalo era mais pequeno, as soluções que existiam pareciam matar-nos primeiro a nós do que aos bichos. Atualmente há produtos que tratam do assunto rapidamente e em apenas 1 aplicação! No ano passado usámos a gama Paranix que não contém inseticidas (os piolhos não criam resistência) e o assunto resolveu-se em três tempos. Parece sempre uma eternidade, mas foi rápido.

O primeiro passo (que no verão passado ignorámos e que nos serviu de lição) é a prevenção. A gama Paranix tem dois produtos disponíveis: o Paranix Champô de Proteção Contra Piolhos e Lêndeas, que interrompe o ciclo de vida dos piolhos e não deixa que uma infestação se instale, e o Paranix Repel, que cria uma espécie de barreira no couro cabeludo, que mantém afastados corpos estranhos. Na verdade, tem sido o nosso melhor amigo o ano inteiro.

Sendo tarde demais, então o melhor é estar atento aos sinais de alerta: comichão, comichão e comichão. Quando isto acontecer, espreitem a cabeça. Os bichos não são bonitos e são visíveis. As lêndeas, o verdadeiro problema, porque são os ovos de onde sairão novos piolhos, são mais pequenas e agarram-se aos fios de cabelo. A gama Paranix tem um produto para facilitar a caça aos ovos: o Paranix Gel Localizador de Lêndeas que tinge as lêndeas, tornando-as visíveis a olho nu, em apenas 2 minutos! Deve ser colocado no cabelo seco, com a ajuda de um pente aplicador e depois as lêndeas são tingidas de vermelho. Sim, porque quando há lêndeas significa que também há piolhos, sabiam?

Há piolhos? Não entremos em pânico e sejamos pragmáticos. O passo seguinte é tratar. No ano passado usámos o Paranix Champô de Tratamento e o Paranix Spray de Tratamento. O primeiro lava a cabeça e elimina os piolhos. Aplica-se em cabelo seco e deixa-se atuar 15 minutos. Depois, é massajar e enxaguar o cabelo. O segundo, apropriado para cabelos curtos, deve ser vaporizado na cabeça de forma a que todo o couro cabeludo e cabelo fiquem cobertos. Depois, massajei, deixei atuar durante 10 minutos e lavei o cabelo, com uma champô normal.

Vamos rever os passos: deteção, prevenção e tratamento! E muita atenção aos sinais de alerta! 

 

Quero as vossas dicas para uma crise de piolhos!

 

 

Este post foi escrito em parceria com a marca Paranix.

Os produtos de tratamento de Paranix (Spray e Champô de Tratamento) são Dispositivos Médicos para o tratamento da pediculose. Paranix Localizador de Lêndeas é um Dispositivo Médico utilizado para evidenciar lêndeas. Paranix Champô de Proteção é um dispositivo médico utilizado para prevenção da disseminação da pediculose. Apenas para uso externo. Evitar o contacto com os olhos ou as mucosas. Em caso de contacto com os olhos, lavar abundantemente com água. Não usar em caso de alergia a algum dos ingredientes. Paranix Spray de Tratamento está indicado para crianças com mais de 6 meses. Paranix Champô de Tratamento, Paranix Localizador de Lêndeas e Paranix Champô de Proteção estão indicados para crianças com mais de 2 anos. Manter fora do alcance e da vista das crianças. Leia cuidadosamente a rotulagem e as instruções de utilização. Paranix Repel é um produto cosmético. Manter fora da vista e do alcance das crianças.

Comentários (2)

  • Que artigo interessante! Obrigada pela chamada de atenção.

    Celeste Branca

    Responder
  • Como prevenção uso óleo da árvore do chá, marca dr orgânics, 7 euros no celeiro. Dá para uns 4/5 meses. Foi a pediatra da minha filha. 7anos, que aconselhou. Três ou quatro gotas deste óleo nos cabelos antes de ir para a escola e está feito.
    Eu coloco as gotas na escova e depois penteio. Mas também há quem ponha atrás da orelha.
    Já usamos há dois anos e desde então a minha filha nunca mais apanhou. Antes de ter descoberto este óleo a minha filha apanhava piolhos umas cinco vezes por ano.
    O mesmo óleo também pode servir de tratamento, mas o cabelo fica muito oleoso e demora muito mais tempo a actuar…
    Boa sorte! 🙂

    Responder

Escrever um comentário