Dieta das Princesas

Ser Feliz Todos os Dias: o meu caminho

o meu caminho

Sábado tomei o pequeno almoço com cinco leitoras. Cinco mulheres maravilhosas: casadas, solteiras e com namorado, dos 20 aos 47 anos, com e sem filhos, profissões totalmente diferentes. Estas cinco mulheres maravilhosas que se cruzaram o meu caminho, absolutamente diferentes mas com um ponto comum: o desejo de mudança e de serem mais felizes.

Começámos pelo pequeno almoço porque o melhor é conversar de barriga cheia e passamos às apresentações. Antes de acabar de comer a minha taça de iogurte, fruta e pistácios já me sentia a conversar com um grupo de amigas. E arriscaria dizer que todas sentimos o mesmo.

Depois de trocarmos algumas impressões gerais sobre o livro Ser Feliz Todos os Dias, desafiei-as para alguns exercícios.

Há momentos em que sentimos que estamos no caminho que queremos. Enquanto ouvia a partilha dos exercícios de cada uma daquelas mulheres maravilhosas, tive a certeza absoluta que é isto que quero fazer.

 

Houve um caminho que me levou até este livro e até este momento da vida. Aqui, onde acredito que é possível ser mais feliz todos os dias, Aqui, em que quero ajudar as outras pessoas a sentirem e a fazerem o mesmo.

Apesar de todas as minhas fragilidades (a par dos meus defeitos e contradições) fui tentando aprender a ser mais feliz todos os dias. E fui aprendendo a ajudar os outros nesse desafio. Na minha formação de coaching perguntaram muitas vezes “quem sou eu?” e “de que forma posso por os meus talentos ao serviço dos outros”.

O meu caminho trouxe-me até este livro e a este momento. Onde acredito que é possível ser mais feliz todos os dias e em que quero ajudar as outras pessoas a sentirem e a fazerem o mesmo. 

Em breve terei as datas para o novo workshop 3 passos para ser mais feliz. Tenho a certeza que a resposta às minhas perguntas estará nesses momentos.

Espero por vocês.

 

foto: Marta Dreamaker

Comentários (4)

Escrever um comentário