Tag / motivação

viver saudável

sou bonita ou sou feia? os malefícios da falta de confiança na imagem corporal

Nesta conferência TED que vos convido a assistir, Meaghan Ramsey fala sobre a importância de gostarmos de nós e sobre como acharmos que somos feias nos prejudica tanto. Parece que a maioria das mulheres não tem em grande conta a sua beleza. Aliás, o número de pesquisas online e vídeos com a pergunta Sou bonita ou feia? é assombrosa. Fiquei a saber que há milhares de adolescentes a colocarem esta dúvida na web para obterem a validação deste mundo. Para tornar o ecrã ainda mais negro, há um outro grupo de muito boa gente que, com um ecrã à frente, revela o seu pior lado e começa a disparar ofensas sem considerar a possibilidade da existência de sentimentos na pessoa do outro lado.
Mas de onde vem a dúvida sobre a própria beleza? A mais perfeita certeza que tenho é a de que todas as mulheres são bonitas, todas têm a sua beleza, única e irrepetível. A questão, como sempre, vem das comparações e dos padrões que nos são veiculados como regra a seguir.
A comparação é a pior coisa que podem fazer, ainda que no universo online isto se torne quase impossível.

viver saudável

6 estratégias para lidar com compulsões alimentares

6 estratégias para lidar com compulsões alimentares

quem me lê sabe que este é um assunto muito sensível. a psicóloga Filipa Jardim da Silva deixa-nos alguns truques para conseguirmos controlar a fome emocional, as compulsões alimentares que parecem incontroláveis, mas que não são. para tomar nota e fazer um esforço para conseguir seguir!
1. A maioria das vezes o processo de alimentação emocional é feito de forma inconsciente, daí que o primeiro passo passe por perceber o que realmente se passa através de uma auto-análise. Vamos ver alguns exemplos. De quantas em quantas horas come? Perante uma situação de contrariedade ou cansaço, que sinais físicos deteta? Em que momentos do dia sente mais vontade (impulso) para comer? O que estava a fazer e com quem estava aquando dos seus momentos de refeição?
2. Um método simples e prático para detetar a fome emocional prende-se com a utilização de uma Escala de Fome (0 a 10, de “sem nada no estômago” a “demasiado cheio como um balão”). Sempre que pensar em comer, situe o seu grau de fome real na escala, para que depois possa fazer uma escolha mais consciente do que vai comer, da quantidade que vai ingerir, dos sinais que o seu corpo está a emitir e das emoções que estão presentes.
3. STOP. Utilize exercícios de mindfulness para gerir os impulsos, como o que se descreve em seguida.

dieta das princesas

Como usar saias de tule [ao estilo princesa desportiva]

como usar saias de tule [ao estilo princesa desportiva]

A Catarina Beato é fã de saias de tule e em sua honra aqui seguem umas dicas e exemplos de como usar esta peça tendência ao seu estilo.
Este tipo de saia farfalhuda compõe um típico look de bailarina ou de princesa, mas as misturas de estilos e influências são o que está mais na moda. Por isso, nada mais fácil do que apostar no mix para desconstruir a meninice da saia de tule.
Para se transformarem numa princesa desportiva, basta conjugar a saia com uma sweater. Podem ainda acrescentar um blusão de cabedal ou de ganga – a mistura de materiais diferentes nunca é demais. De saltos, sabrinas, botas ou ténis, acrescentem o calçado que entenderem, de acordo com o efeito que pretenderem – mais a puxar o feminino ou o desportivo e casual.

dieta das princesas

Arrumar a casa é como arrumar as ideias

Arrumar a casa é como arrumar as ideias…

Manter a tralha arrumada e em ordem, sem acumular excessos, nem aquilo a que não damos uso, é um excelente exercício de terapia. A casa fica mais leve e com mais espaço. E nós, enquanto arrumamos objectos, vamos também organizando a cabeça. Aliás, já diz o Feng Shui, que a limpeza e a organização são aspectos fundamentais para uma boa circulação de energias. Como Princesas que somos isso é o que mais queremos para as nossas casas, não é verdade?
Já pensaram quantos produtos de maquilhagem vamos acumulando ao longo dos anos? Quantos destes já estarão estragados, inutilizados ou terão mesmo acabado? Acho que todas nos reconhecemos, pelo menos um pouco, neste filme. Vamos comprando novos produtos e tudo se vai acumulando na bolsa ou na caixa de maquilhagem. Quanto mais não seja porque queremos guardar a embalagem para comprar igual…
Para evitar este caos da acumulação, hoje vamos aplicar regras de Feng Shui aos nossos cantinhos de maquilhagem e fazer uma selecção do que fica e do que vai embora! Basta seguir os passos abaixo. Não tem nada que enganar, é muito simples e acreditem que no final, além de uma nova e fresca bolsa de maquilhagem, vão ter uma mente mais arrumada!
1. Teste do cheiro: não falha… os produtos de maquilhagem normalmente cheiram bem, por isso quando sentir que o cheiro é esquisito, é porque está estragado.

dieta das princesas

Closet que respira: como ter um guarda-roupa prático e low cost?

Closet que respira: como ter um guarda-roupa prático e low cost?

Ter um closet à séria é o sonhos de muitas mulheres. Certo? Mas um closet ainda mais à séria é assim: espaçoso, clean, apenas com aquilo que realmente usamos, com aquilo que faz sentido para nós, com o que nos fica bem e com o que amamos de paixão. Pode ser um quarto inteiro, um armário grande ou apenas um charriot, só com a diferença de que quanto maior o espaço, mais área livre deve sobrar. O closet pode e deve respirar. Porque, repito, não precisamos de ter muita coisa. E o nosso estado mental agradece, já que somos poupadas do clássico drama matinal, que consiste em vestir e despir roupa freneticamente.

Sigam-me no Instagram

1
Something is wrong.
Instagram token error.