Tag / livro

amor

5 sugestões para ser (mais) feliz todos os dias

feliz todos os dias

O livro Ser Feliz Todos os Dias não é mais do que um post it para me lembrar daquilo que também eu tenho que fazer todos os dias. Gostava de vos dizer que sou sempre optimista, sempre capaz de ver o lado positivo mesmo nos dias péssimo. Gostava de vos dizer que já aceitei tudo aquilo com que não devia gastar energia, e os meus (inúmeros) defeitos também. Queria garantir-vos que sou capaz de todas as mudanças. Não, não assim todos os dias. Mas faço esse esforço todos os dias. E nunca me esqueço de agradecer o que tenho (mesmo que seja a última coisa que faço antes de adormecer).

Este livro é um resumo daquilo que fui aprendendo e compreendo ao longo da vida.

viver saudável

Miss Kale: “há uma profunda obsessão à volta da imagem”

Adoro a Miss Kale há muito tempo. Revejo-me no conceito de equilíbrio e invejo as receitas. Invejo também a sabedoria mas isso agora está mais fácil de alcançar – pelo menos uma parte. A Francisca Guimarães, autora do blogue “Miss Kale”, lançou um livro –  o “Escuta o Teu Corpo – que é uma espécie de guia de princípios essencias para uma vida mais saudável e feliz. Segundo aquilo que defende, todos estes princípios nascem da capacidade de conseguirmos escutar o nosso corpo, através da leitura dos sinais que ele tantas vezes nos dá, mas que nós, tantas outras vezes, ignoramos: a barriga inchada, o cansaço constante, os problemas de pele, de sono ou intestinais.
A primeira cobaia deste guia foi a própria Francisca: através da difícil batalha contra o acne, e depois de desilusões consecutivas com a medicina convencional, iniciou um longo caminho, que ainda não terminou, no mundo da medicina natural – onde conseguiu encontrar não só a sua cura, mas também uma nova área de interesse para explorar e formar-se – frequentou vários cursos no estrangeiro relacionados com o tema, está atualmente a terminar o curso de homeopatia no Reino Unido e tem dado vários workshops sobre antiaging e longevidade.

maternidade

em viagem, o que levar? [também lhe podemos chamar desejos consumistas]

quem me segue pelo Instagram já deve ter percebido que vim de viagem, em família, para São Miguel, nos Açores. o pretexto foi mais um workshop, em forma de lanche, que aconteceu no maravilhoso Andar de Cima. obrigada a todas as miúdas lindas que participaram!
desta espécie de mini-férias surgiu-me a ideia de criar uma lista com as coisas que devemos trazer quando vamos para fora de casa. sugiro-vos desde coisas mais básicas, a outras que, ainda que mais improváveis, vamos desejar ter incluído na altura de fazer as malas.
nunca esquecer: um livro fácil de ler, ou seja, que sabemos que vamos gostar [não é altura para arriscar muito], levar música para durante a viagens e paga o destino [aqui sugiro umas colunas para não andarmos sempre com os auscultadores], uma mala com rodinhas [fundamental quando há filhos pela mão] e um saco prático para a bebé. em viagem o saco do bebé serve também para ser a nossa mala, embora eu eu prefira mochilas, como as que mostrei aqui.
ainda dentro da temática “viajar com filhos”, vou escrever mais sobre isto, prometo!, avaliem – consoante o bebé e o destino – se levam o carrinho ou uma solução de babywearing. desta vez trouxe também o set&seat da MadainLisbon para a Maria Luiza ficar connosco à mesa.

PubliPost

sugestão de leitura: “Leite e Mel”

Rupi Kaur já está no grupo das mulheres mais influentes que potencialmente vão mudar o mundo. Escreveu “Leite e Mel”, um livro que transporta os leitores para momentos difíceis da vida, mas leva-os a descobrir neles a doçura e a fragilidade da vida, porque a doçura está em todo o lado, se estivermos abertos a recebê-la.

Sigam-me no Instagram

1
Something is wrong.
Instagram token error.