Tag / jocooking

viver saudável

pizza que não engorda? temos a receita!

pizza de couve-flor

Pizza que não engorda? Temos a receita!
A Joana Moura [do Jocooking] voltou a entrar em minha casa, a tomar conta da cozinha e a mostrar-me o quão boa, saudável e equilibrada pode ser uma alimentação feita de ingredientes bons. Desta vez veio fazer pizza!
A pizza por si só não é uma refeição má. aquilo que importa é saber escolher os ingredientes certos, desde a massa, até ao topping. Esta receita é especial porque dispensa a farinha de trigo e utiliza como base a couve-flor! O resultado é ótimo, garanto. Se quiserem experimentar, vejam o vídeo ou guardem este post.
Nota: os ingredientes escolhidos para o topping servem de exemplo. Podem usar os que mais gostarem!
Ingredientes:
500g de couve flor crua ralada
Manjericão seco q.b.
Orégão secos q.b.
30 g de parmesão ralado no momento (opcional)
2 ovos
Toppings:
Puré de tomate
Queijo tipo mozzarella ralado qb
Tomate maduro
Cogumelos
Curgete
Frango
Modo de preparação:
1.Picar a couve-flor muito finamente com o auxílio de um processador de alimentos.
2.Colocar a couve-flor picada numa taça, tapada com papel transparente (furado) e cozer durante 5 minutos, potencia máxima.
3.Colocar a couve‑flor picada dentro de um pano limpo e espremer a água em excesso.
4.Juntar as ervas secas, o parmesão ralado e a flor de sal e misturar. Juntar o ovo e misturar novamente.

vida saudável

comer bem e ser feliz: gelados saudáveis para o verão!

comer bem e ser feliz: gelados saudáveis para o verão

vim de férias. estive fora 8 dias e voltei nova. reencontrei o meu equilíbrio. estou com força, recarreguei energias. há muito tempo que não me sentia assim. fiz praia, dormi sestas, estive com os miúdos, treinei e comi muito bem. comi de forma saudável, de forma consciente e equilibrada. e mais uma vez comprovei que tudo isto é possível com comida boa, saudável e nutritiva, que nos faz bem. para celebrar o verão e os dias quentes, o desafio que vos coloco é este: experimentarem um destes gelados [ou os dois] durante o fim de semana, ou quando quiserem. um é de frutos vermelhos e banana – e é Joana Moura, do “Jocooking” – e o outro é de pêssego e chá – e é da Joana Alves, do blogue “Le Passe Vite“.
 
Gelado de frutos vermelhos e banana
Ingredientes 1ª Camada
300g frutos vermelhos (ou outra fruta: manga; cerejas, kiwi, pêssegos,…)
1 banana muito madura
100ml leite vegetal (usei de amêndoa)
30g xarope de Acer (opcional, caso as bananas não estejam muito maduras, podem usar mel)
Ingredientes 2ª Camada:
2 bananas muito maduras
2 iogurtes de coco simples
30g xarope de Acer (opcional, caso as bananas não estejam muito maduras)
Ingredientes cobertura de chocolate
100g chocolate >70% cacau
1 colher de sopa de óleo de coco (ajuda a uma camada mais fina e crocante do chocolate)
Modo de preparação
1.

maternidade viver saudável

bebés paleo? dicas fundamentais sobre o baby led weaning

o que é isto do baby led weaning [e todas dicas fundamentais]

hoje é dia de vídeo novo! continuamos a falar da alimentação infantil, mais concretamente, do baby led weaning, a febre do momento que consiste em deixar os bebés mexerem na comida à vontade. a ideia é que na passagem do período da amamentação para a fase em que começam a introduzir os alimentos sólidos, eles se possam ir familiarizando com os cheiros, com as texturas e com os sabores de tudo aquilo que habitualmente se serve à mesa de casa, na rotina da família, que deverá ser saudável, claro, com muitos legumes e frutas.
mas como não sou especialista no assunto, volto a passar a palavra a quem verdadeiramente sabe do assunto. novamente, tenho como convidadas especiais a Joana Moura, minha amiga, chef preferida e a autora do blogue Jocooking, e ainda a pediatra Joana Figueira, que nos esclarece sobre a importância do baby led weaning no desenvolvimento dos bebés e sobre os principais factores a ter em consideração nesta moda.

viver saudável

comer bem e ser feliz: como fazer pão [que é mesmo pão] sem glúten

comer bem e ser feliz: como fazer pão [que é mesmo pão] sem glúten

com a [feliz] tendência da alimentação saudável encontramos todo o tipo de receita e alternativa na Internet. problema: nem tudo é bem aquilo que parece. hoje trago-vos mais uma receita da Joana Moura, autora do blogue “Jocooking“. é, como ela lhe chama, um pão, que é mesmo pão, sem glúten.
chegou a esta fórmula mágica depois de experimentar várias receitas isentas desta proteína que nunca a satisfizeram. como explica, ou o sabor não era o mesmo, ou faltava-lhe a crosta crocante típica do pão artesanal, enfim, nunca se parecia mesmo com pão.
o procedimento parece complexo, mas ela promete que é, na verdade, bastante simples. são 3 etapas: preparar a massa base, fermentar e cozer!
neste podem confiar. prometo!
Ingredientes:
-400g farinhas: amaranto, quinoa, teff, trigo sarraceno, mandioca, batata-doce… (podemos usar apenas uma destas ou fazer misturas. Cá em casa gostamos de misturar quinoa com teff)
-170g farinha de aveia (pode ser substituída por farinha de coco, embora seja necessário um ajuste na água a adicionar)
-100g polvilho (doce ou azedo)
-100g fécula de batata
-15g flor de sal
-10g psyllium husk ou goma xantana (obtive melhores resultados com o psyllium)
-11g Fermipan (1 saqueta) ou equivalente (se usar fermento de padeiro deverá usar cerca de 6,5g. Encontra em forma de blocos prensados.

maternidade viver saudável

diversificação alimentar no primeiro ano de vida (fala quem sabe)

diversificação alimentar no primeiro ano de vida

nisto da alimentação dos bebés tenho apenas como base de conhecimentos os três filhos e adorar comer. assim, e sei que este é um tema que nós, como mães, gostamos de saber mais mesmo que já tenhamos vinte filhos, trouxe quem sabe muito mais sobre diversificação alimentar no primeiro ano de vida: a chef Joana Moura e a médica pediatra Joana Appleton Figueira.
para além de serem duas pessoas de quem gosto muito e fantásticas naquilo que fazem são autoras do livro “Comer bem, crescer saudável” – um livro que pretende ajudar os pais que não se reveem na alimentação socialmente estabelecida e procuram uma nova forma de alimentar e promover a saúde dos seus filhos. para além de textos informativos e esclarecedores sobre vários temas – da dieta vegetariana à dieta paleolítica, do Baby Led Weaning à forma como devemos ler os rótulos –, o livro inclui também dicas e ideias para as refeições em família de toda a semana, de forma a torna-las momentos conscientes, relaxados, felizes e saborosos.
este vídeo é a primeira parte de uma conversa informal que tivemos sobre diversificação alimentar.
cá em casa tem sido um processo muito tranquilo. a miúda adora explorar o nundo novo dos alimentos – sai à mãe – e nós temos tentando dar-lhe essa liberdade nos momentos em que a logística permite.

Sigam-me no Instagram

1
Something is wrong.
Instagram token error.