Tag / comer

vida saudável

a minha fome de verão é sempre de coisas boas

fome

Há quem diga que tem mais fome no inverno. Eu tenho mais fome no verão. Praia, finais de tarde e noites na conversa, passeios, tudo me abre (ainda mais) o apetite.
Pronto, para que é que eu estou com esta conversa? Eu tenho sempre fome de coisas boas! E tenho algumas perdições (depois quero que me contem as vossas): torradas de pão alentejano, se estiver no Alentejo, e gelados, esteja onde esteja.
E se ainda não inventaram pão que não engorda, em que podemos comer várias torradas sem pensar nisso, nos gelados já resolveram isso.
Bem vindo sejas ao meu mundo Solero! É assim o melhor de um gelado, fresco, delicioso, com pedaços de fruta, e por muito que os nutrientes sejam o mais importante e que este seja um doce verdadeiramente equilibrado, tem o bónus de ter apenas 50 calorias. Digamos que o meu eu comilão consegue fazer contas e, para além de muito mais saudável, uma bola de berlim são 10 Soleros. Para mim são 5 de morangos e 5 de ananás, se faz favor!

Agora que já vos confidenciei a minha dieta Solero vou comer mais um. Na verdade vou prolongar este prazer no Inverno.

vida saudável

comer bem é tão bom – constatação e sugestão: Olivier Avenida

comer bem

antes do fim de semana vamos falar sobre comer bem e iniciar algumas sugestões sobre lugares especiais. começamos pelo Oliver Avenida.
há umas semanas fui experimentar o renovado Olivier Avenida. é verdade que existe uma carta com tantas descrições deliciosas que é difícil escolher [espreitem aqui]. mas eu sou pessoa de ideias fixas e há coisas que dificilmente me permitem “desfocar”: melão com presunto. e assim começámos: carpaccio de melão, pérolas de mozzarella, hortelã e presunto.

depois, “para partilhar”, a empadinha da D. Luiza, empadinhas de galinha, catupiry e tatare de tomate. não é fácil comer só uma mas também não quis parecer mal.
o conceito de partilha é um dos mais fortes deste espaço, porque a ideia e vir, conversar, comer e ficar. lerem a ementa – eu tenho um fetiche estranho com ementas [tenho que fazer um novo vídeo de 10 factos sobre mim que vocês desconhecem] – vão perceber que foi uma decisão complicada porque tem tudo uma descrição maravilhosa. cogumelos portobello recheados com espargos verdes e gorgonzola, as batatas bravas com maionese picante, a alheira de caça com grelos e ovo de codorniz, ou a empadinha de galinha com tártaro de tomate, são algumas das opções.

viver saudável

comer e recuperar. almoço vegetariano perfeito

[comer e recuperar. almoço vegetariano perfeito]

manhã de domingo: arrastei-me até ao workshop de comida vegetariana. na realidade eu não faço lá falta nenhuma mas passo muito tempo a sonhar com o que vou comer no almoço pós workshop [almoçamos todos juntos no jardim, é sempre muito bom].
arrastei-me mas menos do que me tenho arrastado nos últimos dias, o que são boas notícias.
uma tarte de beterraba nova com queijo de caju, salada, uma “arroz sem pato” é um rolo de “bacalhau” [foi o meu prato preferido apesar de não fazer a menor ideia do que estava a comer porque estive deitada enquanto o workshop aconteceu], crumble de maçã e pudim de chia com romã. a Isabel é mesmo das melhores cozinheiras que conheço. maravilhoso.
a pedido de várias pessoas já temos uma nova data para Lisboa – 24/10.
para o Porto – comida vegetariana especial Natal, no dia 5 de Dezembro às 12h30 na guest house My Ribeira.

inscrições para vir comer: papasreal@gmail.

Sigam-me no Instagram

1
Something is wrong.
Instagram token error.