Tag / anita silvestre

tendências

Armário Cápsula: metade do meu roupeiro fora

Armário Cápsula: como metade do meu roupeiro foi fora

A Anita passou cá por casa para me ajudar numa segunda missão a favor do minimalismo: arrumar o meu armário e desfazer-me de tudo aquilo que já não visto. A tarefa exige alguma frieza, mas só no início. Chama-se a isto um armário cápsula. Não deve exceder as 30 peças de roupa. E para lá chegar, é preciso seguir algumas regras essenciais. Sem esta disciplina, não vamos lá.

Os 5 passos essenciais para um armário cápsula…

viver saudável

sou bonita ou sou feia? os malefícios da falta de confiança na imagem corporal

Nesta conferência TED que vos convido a assistir, Meaghan Ramsey fala sobre a importância de gostarmos de nós e sobre como acharmos que somos feias nos prejudica tanto. Parece que a maioria das mulheres não tem em grande conta a sua beleza. Aliás, o número de pesquisas online e vídeos com a pergunta Sou bonita ou feia? é assombrosa. Fiquei a saber que há milhares de adolescentes a colocarem esta dúvida na web para obterem a validação deste mundo. Para tornar o ecrã ainda mais negro, há um outro grupo de muito boa gente que, com um ecrã à frente, revela o seu pior lado e começa a disparar ofensas sem considerar a possibilidade da existência de sentimentos na pessoa do outro lado.
Mas de onde vem a dúvida sobre a própria beleza? A mais perfeita certeza que tenho é a de que todas as mulheres são bonitas, todas têm a sua beleza, única e irrepetível. A questão, como sempre, vem das comparações e dos padrões que nos são veiculados como regra a seguir.
A comparação é a pior coisa que podem fazer, ainda que no universo online isto se torne quase impossível.

tendências

tudo sobre a Anita, a nossa consultora de imagem preferida

quem segue o blogue já deve ter notado que é frequente aparecerem posts com dicas de moda. se lerem os textos até ao fim vão ver que quem os assina é a Anita Silvestre. é sobre ela que hoje vamos falar [vêm aí muitos vídeos novos no youtube com dicas dela]. vou contar-vos a história dela. vão perceber o que é que ela faz, porque é que o faz e que serviços presta.
foi com “What Not to Wear” que Anita Silvestre, 31, decidiu aquilo que queria fazer. no programa apresentado por Stacy e Clinton [que fazem makeovers no estilo das pessoas] aquilo que a fascinava eram as mudanças, não só no sentido visual, mas, acima de tudo, a nível do aumento da confiança e do fortalecimento de toda a estrutura psicológica.
hoje, depois de em 2011 ter lançado o blogue Look a Day [que está com uma imagem nova, atenção], é consultora de imagem, com uma Certificação em Coaching e com um curso de consultoria de imagem. e porque uma mudança de visual não basta para aumentar a autoestima, passou também a inserir no seu projeto a componente de life coaching [que também funciona como serviço independente]: “Faz todo o sentido associar à parte da imagem porque a consultoria de imagem tem mais que ver com pessoas do que com moda”, conta. “Daí que tenha criado o mais recente conceito de Style Coaching que abarca e traduz tudo o que faço.

dieta das princesas

Blazer: como usar em diferentes looks esta peça tão versátil

Hoje falamos de uma peça muito importante no guarda-roupa de uma mulher moderna e atual: o blazer. Esta é uma peça marcadamente masculina que foi já há muito adoptada pelo closet feminino. Apareceu em 1966 depois da apresentação do smoking para mulheres, por Yves Saint Laurent. Revolucionou a atitude feminina e o modo como as mulheres, a partir desse momento, se começaram a vestir.
O blazer, disponível hoje em dia em qualquer loja ou marca, tem versões para todos os gostos e estilos. Há uns mais formais e clássicos, mas também há opções mais informais, de algodão, por exemplo, com um tecido do género de fato de treino – muito casual e confortável. Dentro destes géneros há ainda uns mais compridos e outros mais curtos ou ainda uns com ombros mais marcados. Todos eles em todas as cores. É só escolher.
Como usar o blazer
A usar com a calça do respetivo fato é a forma mais clássica, mas aquela que eu recomendo menos. É pouco versátil. É preferível que separem as peças de um fato e usem-nas de forma separada.
Com umas simples calças de ganga e uma t-shirt, o blazer fica lindamente. Como a peça mais estruturada que é, contrasta com o resto do look marcadamente informal, o que cria um coordenado casual chic apropriado a qualquer situação do dia-a-dia de trabalho ou até fim-de-semana.

dieta das princesas

Como usar saias de tule [ao estilo princesa desportiva]

como usar saias de tule [ao estilo princesa desportiva]

A Catarina Beato é fã de saias de tule e em sua honra aqui seguem umas dicas e exemplos de como usar esta peça tendência ao seu estilo.
Este tipo de saia farfalhuda compõe um típico look de bailarina ou de princesa, mas as misturas de estilos e influências são o que está mais na moda. Por isso, nada mais fácil do que apostar no mix para desconstruir a meninice da saia de tule.
Para se transformarem numa princesa desportiva, basta conjugar a saia com uma sweater. Podem ainda acrescentar um blusão de cabedal ou de ganga – a mistura de materiais diferentes nunca é demais. De saltos, sabrinas, botas ou ténis, acrescentem o calçado que entenderem, de acordo com o efeito que pretenderem – mais a puxar o feminino ou o desportivo e casual.

Sigam-me no Instagram

1
Something is wrong.
Instagram token error.