Tag / alentejo

o meu diário

saudades da barriga? [calma!]

caramba… eu sabia que este dia ia chegar. eu disse não, nunca, jamais, “detesto estar enorme”, “nunca vou sentir saudades”. mas depois olho para as fotos, lembro-me destes meses de calor vividos com uma barriga enorme e já sem enjoos e tenho saudades. que dias maravilhosos… muitas saudades da barriga.
perguntam-me, às vezes em jeito de desafio, se vou ter mais filhos. não sei. devia dizer não [como diz o meu filho adolescente “já chega”] mas não consigo. a reposta será: estamos a tentar não ter mais mas se acontecer ficamos felizes.
eu nem sabia que ia ter filhos, depois achei que o G. seria filho único, depois jurei que ficaria sozinha para sempre, dois chegavam e já estava provado que a minha história de amor não existia. depois nasceu a miúda e na frase feita mais foleira de sempre, eu precisava dela cá e não sabia. agora acho que o mais sensato é dizer: não sei.
e contra todas as minhas expectativas ficar a olhar para as fotos da minha barriga com muitas saudades.

maternidade o meu diário

por onde andei? sugestões de passeio no Alentejo [agora litoral]

depois dos dias em família na Herdade do Gizo fomos, a dois, até à zona onde voltamos sempre que podemos [e onde passámos a nossa espécie de lua de mel]: entre Vila Nova de Mil Fontes e Aljezur. tecnicamente não é apenas Alentejo.
desta vez não fomos de autocaravana e ficámos no turismo rural Cerca do Sul. chegámos no domingo, já tarde, jantámos no Brejão e descansámos. à chegada à Cerca do Sul entregaram-nos uma lista com sugestões de locais, restaurantes e outras dicas úteis que, apesar de conhecermos a zona, deu imenso jeito para essa noite. eu confesso que adormeci a pensar no pequeno almoço porque já tinha lido maravilhas.
na segunda-feira confirmámos a delícia da primeira refeição do dia: sumos de melancia gelado, panquecas, crepes. doces, bolo caseiro, ovos mexidos, bacon, iogurte, granola caseira e muita fruta fresca. para perceberem como comi bem, passámos no Rogil a caminho da praia e eu não consegui ter apetite para nada.

estivemos na praia da Amoreira [eu tenho saudades de Vale dos Homens mas não estava com coragem para subir as escadas]. ao final da tarde almoçamos/lanchámos na melhor pizzaria do mundo [um dia destes faço um top das pizzas que mais gosto]. costumamos ir à Arte Bianca mesmo em Aljezur mas desta vez experimentámos o novo restaurante em Vale da Telha.

maternidade viver mais com menos

por onde andei? sugestões de passeio no Alentejo [interior]

quem me segue no instagram viu que estivemos uns dias fora em Cuba do Alentejo [perto de Beja] e o Brejão [já na Costa Vicentina e, na prática, já é Algarve]. foram apenas quatro noites mas a mim soube-me a muito mais do que isso. os dias bem aproveitados sabem a infinito. pediram-me dicas, aqui ficam!
para já ficam os primeiros dias.
a viagem Lisboa – Ferreira do Alentejo é muito rápida [auto-estrada mas podem optar pela nacional] e depois até Cuba é um instante. chegámos a Cuba a uma hora em que não se via ninguém na rua mas rapidamente percebemos que havia tudo por perto [supermercados, farmácia, churrasqueira e aqueles mini mercados aberto até tarde]. ficámos alojados na Herdade do Gizo – aproveitando uma promoção excelente do Odisseias – numa vivenda V4 [fomos em família e éramos muitos]. quatro quartos, três casa de banho, cozinha e sala enorme. há um espaço exterior e nós pedimos a quem ainda não tinha saído de Lisboa que trouxesse uma mangueira [foi uma ideia brilhante].

 
por momentos pensei que raio de ideia ter ido para o meio do Alentejo no fim de semana mais quente mas afinal foi uma excelente ideia: calma, calma e calma. a herdade não tem serviços de apoio mas o espaço é óptimo e as duas piscinas são lindas.

Sigam-me no Instagram

1
Something is wrong.
Instagram token error.