o meu diário

o meu principezinho… [e segundas-feira perfeitas]

O G. foi escolhido para fazer de Principezinho no grupo de teatro. Depois de conseguir controlar o estado de histerismo-maternal em que fiquei [obrigada pai D. por ficares tão feliz como eu] conversamos sobre o personagem. O G. só fala em cativar e responsabilidade. Eu fiquei a olhar para ele com um sorriso tonto e uma felicidade imensa. Deliciada.
[filho, a mãe promete que vai parar de contar a toda a gente que vais ser o Principezinho ao pulos conjugados com gritinhos.

Sigam-me no Instagram

1
Something is wrong.
Instagram token error.