o meu diário

Cenários

Os meus últimos dias têm sido pautados pela construção de cenários.Hipotéticos.Cenários construídos sobre alicerces de insegurança.De facto os cenários também se constróem de acordo com o nosso estado de espírito.E os cenários alteram as deixas do personagem.Impedem a continuação do texto.Desculpa.Emprestas-me o martelo?…

o meu diário

O homem da minha vida.

Durmo praticamente todas as noites com o homem da minha vida.Durante a noite damos a mão. Damos um carinho.Dormimos exactamente na mesma posição. Gostamos de abraçar o edredon.Eu e o homem da minha vida temos muito em comum.Gostamos de bolachas maria molhadas no leite. Gostamos de brincar na areia.Gostamos de ver televisão enroscados no sofá.Durmo […]…

o meu diário

Amantes (parte II) ou Os amantes e o fim-de-semana.

Existe um dia particularmente difícil na vida dos amantes: a sexta-feira.Para alguns amantes mais problemáticas a angústia começa algures durante a quinta-feira.Outros há (uma pequena percentagem) que vivem toda a semana a sofrer antecipadamente a chegada desses dias.Assim como há palavras que não são permitidas aos amantes. Há dias que não lhes pertencem.A semana dos […]…

o meu diário

Amantes (parte I)

Combinam num local perdido no meio da cidade. Tão exposto quanto incógnito. Desencontram-se. O carro passa e ela pega no telemóvel. ´Naquele parque de estacionamento infinitamente grande o arrumador ajuda-a: Ele foi para aquele lado. (Quantos amantes terá já socorrido nesta fugaz hora de almoço?)Seguem no mesmo carro. Partilham aqueles momentos com a carência de […]…

o meu diário

Março 2002

Já chegou a Primavera.E eu peço que a Primavera traga um sol que me encha o coração e nosdevolva o sorriso.Tento pensar que este sítio é bom porque pode devolver a saúde do homem que eu mais amo neste mundo… Mas não consigo evitar sentir-me farta deste quarto… porque tenho medo que o meu pai […]…