o meu diário

estava no segredo dos deuses mas agora já chega!

segredo dos deuses

Não me sinto escritora mas escrevo livros. São assim como um conjunto de apontamentos que quero partilhar com o mundo. Estava no segredo dos deuses e agora já chega! Aqui está ele. o meu livro novo.

“Ser Feliz Todos os Dias” é a partilha de uma decisão e do trabalho que tenho feito para ser coerente com ela. Não é fácil, não é todos os dias, mas é possível.

Ao longo deste livro vão poder encontrar os temas com os quais me debato nesta tentativa diária de ser feliz todos os dias.

o meu diário

haters que me amam

haters

Já sei que devíamos dar pouco tempo de antena a estes temas. Mas há dias e dias e em alguns destes não conseguimos gerir da mesma forma. Isto é o meu diário por isso, enquanto estamos a dar os últimos ajustes à versão amarela, aqui fica o meu desabafo.

Há um blog de dizer mal. Não ponho o link porque tento não dar visitas mas, de vez em quando, recebo mensagens a dizer que desta vez a visada sou eu e não resisto. O formato do blog é com quem o escreve. Isto da internet é liberdade para o bem e para o mal (para dizer bem, para dizer mal, para fazer o bem e para coisas com que não concordamos). Não tenho nada contra o formato do blog, mesmo quando fala mal de mim. É uma consequência normal da exposição. E se for bem feita tem graça. Penso que a capacidade de escrita do autor do blog poderia ser usada de forma mais interessantes mas isso é com o anónimo em questão.

O melhor do tal blog são os comentários. Foi na caixa de comentários que encontrei o maravilhoso mundo dos haters que me amam. Ora vejamos, estes anónimos comentadores sabem tudo sobre a minha vida.

viver família

eu vejo os youtubers “tontos” como uma forma de liberdade

youtubers

No entanto, eu vejo os youtubers “tontos” como uma forma maravilhosa de liberdade. No meu tempo existiam os populares e não populares. Já perceberam que muitos destes youtubers são os não populares do nosso tempo? E são populares, e têm sucesso. Não são desportistas, não são magros, não são os mais bonitos mas podem ser uma referência. Eu acho isso libertador. E digo-vos, no feminino, que existem um mundo de empoderamento de raparigas adolescentes que não se enquandram nos padrões dito de “perfeição” e que contribuem imenso para as questões da aceitação.

viver família

a estreia do Afonso no mundos dos youtubers famosos

youtubers famosos

O miúdo sabe como é que isto funciona melhor do que eu. Achei que o Afonso merecia uma oportunidade no mundos dos youtubers famosos – ler com ironia! Ele sabe como é que se há-de apresentar e sabe melhor todas aquelas falas obrigatórias no momento da despedida. Hoje a estrela do post é ele, o meu youtuber preferido, que, aliás, diz que esta é a profissão que quer ter quando for grande. Aparece a solo pela primeira vez. E em bom. Eu estive encarregue da produção, da câmara e fui uma assistente dedicada. O tema do primeiro vídeo (é isso mesmo, vêm aí mais): coxinhas de frango, que está a provar pela primeira vez, num duelo renhido contra os croquetes.

viver família

Quais são as melhores cidades para viver em família?

melhores cidades para viver

Adoro Portugal, adoro viver em Lisboa, mas também adoro viajar. Acho mesmo que poupar para passear fora do País é um investimento com benefícios maravilhosos. A nossa última viagem foi a Londres, onde passámos o Natal em família. Esta quinta conto-vos tudo ao pormenor, com muitas dicas práticas e sugestões de sítios para passear.
Em novembro de 2017 a Homeday divulgou um ranking com as 100 melhores cidades para viver em família. Nos critérios foram avaliados aspetos (numa escala de 1 a 10) como a segurança, o custo de vida, a poluição, o sistema de educação, transportes, poluição, a existência de espaços verdes, o emprego ou a felicidade dos habitantes.
Como é que se realizou esta investigação? A plataforma perguntou a centenas de pais quais é que são os fatores mais importantes para criar uma criança na cidade. Descobriram, por exemplo, que a capacidade para comprar uma casa o acesso a bons sistemas de ensino estão no topo das prioridades. A partir daqui, determinaram as principais categorias para o estudo, com as quais analisaram milhares de cidades do mundo. Assim seleccionaram as 100 melhores.
Partilho convosco os 10 melhores deste índice por dois motivos: podem estar a pensar em mudar-se e podem estar à procura de um destino urbano de férias, mas que seja “family friendly”.

Sigam-me no Instagram

1
Something is wrong.
Instagram token error.