Category / viver saudável

o meu diário viver saudável

mimos de grávida: as massagens

atenção! este não é um post comercial: são mesmo os lugares onde vou e gosto. são mesmo os lugares onde me sinto mimada.
 
na gravidez do G. tinha 24 anos, pesava 80 quilos às 38 semanas, e inchei que nem um balão. lembro-me, como se fosse hoje, de chegar a casa e pedir à minha mãe, em lágrimas, que me tirasse os sapatos [tipo Paez] porque não conseguia olhar: o pé saia para fora do sapatos e não conseguia ver o tornozelo. com o A., tinha 33 anos e pesava 90 quilos às 38 semanas em Agosto, inchei pouco. por estranho que pareça nem pesada me sentia. honestamente acho que o meu corpo estava habituado ao peso e não estranhou.
desta vez, em Fevereiro, quando os enjoos chegaram em força, e com um subida abrupta para os 66 quilos, sentia-me um peixe balão. em Março tinha a alimentação muito mais controlada [normalizada será a palavra certa], tinha voltado aos meus treinos e sentia-me melhor [apesar de ainda muito desconfortável com o “novo tamanho”].
nunca parei de fazer massagens na 2Be, onde também faço as minhas maravilhosas pestanas [nesta foto vêm-se muito bem], e tudo o resto esteticamente falando de que preciso [depilação só mesmo quando algum pelo teimoso aparece porque a depilação a laser resultou mesmo. voltarei para manutenção quando estiver hormonalmente estável].

maternidade o meu diário viver saudável

exercício na gravidez [e outras novidades]

já aqui expliquei que um dos meus objectivos era continuar a treinar durante a gravidez. ao contrários dos meus planos – aos 38 anos ainda não aprendi que há alturas da vida em que não se fazem planos – os primeiros meses não foram fáceis. mas, assim que me senti bem e com a devida autorização médica, voltei a treinar. a minha Inês não me deixa desistir, tem uma paciência brutal, mas também se zanga quando é preciso. não minto: treinar com mais peso é um bocadinho desmotivante porque custa mas compensa sempre, tanto pela sensação de controlo sobre o corpo, como pelo bem estar que isso me proporciona tanto a nível físico como mental. para além dos treinos orientados tento manter os meus 5 quilómetros diários de caminhada [o dobro quando vou passear para o paredão porque apanho sol e aproveito para conversa com a grávida-fit que me faz companhia].
há um mês tive uma grande crise de ciática e decidi completar os treinos [e os alongamentos mágicos da Inês] com pilates.
 

 
estou no Mom and Me duas vezes por semana e adoro. fui lá parar por causa do pilates [já vos falo mais sobre as vantagens desta modalidade na gravidez] e apaixonei-me pelo projecto.

maternidade viver saudável

vamos falar de contracepção.

falar sobre filhos é importante mas falar sobre contracepção também. existem muito métodos disponíveis e, falo por mim, nem eu tinha noção das inúmeras opções. cada caso é um caso e cada pessoa [mais mulheres porque a maioria das opções são para elas] tem a sua preferência [e as suas limitações físicas]. 
no site www.contracepcao.pt podem ter acesso a todos os métodos contraceptivos e às perguntas mais frequentes sobre os mesmos.
Adesivo
Método contracetivo de utilização semanal. É um método de contraceção constituído por um adesivo fino e impregnado de hormonas que são continuamente transferidas através da pele para a corrente sanguínea. Estas hormonas são idênticas às que se encontram presentes na pílula contracetiva combinada – progestagénio e estrogénio. Tem eficácia de 99%. Existem algumas opções no mercado, um mais pequeno, transparente, redondo e com baixa dosagem.
Anel
É um contracetivo hormonal combinado, de administração por via vaginal. É um anel flexível, suave e transparente com 5 cm de diâmetro, que contém duas hormonas: estrogénio e progestagénio [entram em circulação através da absorção feito nos vasos sanguíneos existentes na vagina].

dieta das princesas viver saudável

receita de panquecas [bom dia!]

pediram a receita das panquecas [opção sem glúten], aqui fica:
1 ovo;
2 colheres de sopa [mal cheias] de farinha de aveia [ou outra farinha de cereal sem glúten];
meia banana esmagada;
os gulosos podem juntar uma colher de sobremesa de mel.
 
juntar tudo e fazer doses pequenas numa frigideira previamente limpa com óleo de coco.
esta dose para uma pessoa e dá cerca de 5/6 panquecas pequenas.
 

fotos tiradas pelo Pedro [obrigada, muitas vezes, pela paciência] no workshop do Brio.
mais workshops este mês: aqui.

dieta das princesas maternidade viver saudável

sushi delícia [e porque não uma sugestão para o dia da mãe?]

escolhi a hora de almoço propositadamente para fazer esta publicação. até culpava as hormonas mas os meus desejos de sushi são muito anteriores a isso. acho que quando me perguntam o que me apetece comer, assim de imediato, penso sempre em maravilhosas pecinhas com peixe cru e fatias de sashimi.
no 25 de Abril tive a família do coração a almoçar e pedi sushi – Sushi em tua casa?
ficou mais do aprovado. peixe muito fresco, fusão mas sem sabores esquisito, peças fritas muito bem confeccionadas. a dificuldade é conter-me para não estar sempre a comer o mesmo.
esta era a prenda perfeita dos meus filhos para mim: mandarem vir sushi!
 
[sobre sushi e gravidez, leiam tudi aqui.

Sigam-me no Instagram

1
Something is wrong.
Instagram token error.