Category / inspiração

inspiração

Jean-Pierre Oliveira: “‘ser’ humano é uma experiência avassaladora”

Jean-Pierre Oliveira: "o yoga muda-nos por fora e por dentro"

O Jean-Pierre Oliveira defende um princípio sobre o qual já vos falei: viver a vida mais devagar, um conceito que ele identifica como sendo tão simples, mas ao mesmo tempo, tão difícil de compreender [tento seguir esta máxima, mas a realidade é que nem sei bem como se faz]. Este é o tema e o nome do livro que o professor de yoga lançou recentemente – o Slow Living Yoga, editado pela Arena. O post de hoje conta-nos a sua aventura pelo mundo desta prática, que alterou completamente a forma como ele olha para a vida. Como todos nós, vivia para metas e numa correria com um destino pouco concreto. Passados 30 anos desde que ouviu pela primeira vez a palavra yoga, é uma das maiores referências no país, impulsionador do hot yoga, uma variante desta pratica que acontece numa sala aquecida a 40 graus, na academia que criou, Yoga Spirit (também podem ver o Facebook). Foi também quem guiou a mega sessão que decorreu no Wanderlust, o festival de iogies (onde eu tive o prazer de estar!). Hoje conhecemos a sua história.
Em que dia e como é que descobriu o Yoga?
Esse dia já vai longe! Tinha eu uns 16 ou 17 anos e ainda vivia em casa dos meus pais. Penso que dei atenção pela primeira vez a esta palavra, no momento em que a minha irmã, Ana Cristina, explicou-me que tinha iniciado aulas de Yoga.

inspiração

Sonhar com… Cuba: o que não perder e outras dicas práticas

Sonhar com... Cuba: o que não perder e outras dicas práticas

Agradeçam à Ana Bernardino (eu aproveito por agradecer porque é parte importante dos neurónios que me faltam) por este momento de inveja profunda. A miúda esteve em Cuba e conta-nos tudo. Eu acho que Dezembro é o mês perfeito para viajar. E não tenho dúvida que se há coisa para que vale poupar é para conhecer o mundo.

Estive 9 dias em Cuba e voltei revitalizada. Passeie por Havana e fiz reset mental profundo em Varadero, numa praia linda de morrer. Não ia com grandes expectativas, porque tinham-me dito que Cuba “não era nada do outro mundo” e que “estava demasiado turística”. É verdade: há turistas em todo o lado. Mas não, não é só rum e tabaco. Eu senti que estava num sítio verdadeiramente especial. E quero muito voltar.
Um dos aspetos que tornam Cuba única é este: parou no tempo. Isto reflete-se, sobretudo, na degradação dos prédios coloniais maravilhosos e na pobreza em que vivem as pessoas [apesar de altamente instruídas]. E a parte assustadora é que esta realidade contrasta de forma absurda e flagrante com o ambiente [ou ficção turística] que se vive nas praças, ruas e hotéis que fazem parte dos roteiros clássicos. A distancia que separa estes mundos é mínima – estilo 50 metros ou menos.

inspiração

Pedro Barbosa: dos escritórios de advogados ao mundo do yoga [e de um continente para outro]

pedro barbosa

A vida do Pedro Barbosa, brasileiro, natural do Rio de Janeiro de 28 anos, deu uma volta enorme. Há dois anos não imaginava que ia estar a viver em Portugal. Não imaginava que ia deixar de trabalhar ona área do Direito para ser instrutor de yoga. Mas tudo isto aconteceu. E é essa a historia que vos conto hoje.
O Pedro nunca teve a certeza de que queria trabalhar no Direito. Aconteceu – como a quase toda a gente – porque era o caminho mais fácil e seguro a seguir: já havia um histórico de advogados na família e podia esperar alguma estabilidade financeira, bem como uma estrutura de vida sólida.
Problema? Não estava satisfeito. Estava saturado e ainda estava no inicio. Pensou, planeou, desenhou objetivos que, apesar de diferentes, o levaram ao estado de espírito onde agora está.
Esta é mais uma história de inspiração, que nos prova que basta querermos muito, arriscarmos e trabalharmos para termos. Porque quando o desejo é real, o “universo vai conspirar a nossa favor”. Só precisamos de olhar para “fora da caixinha”.
As aulas de yoga do Pedro fazem parte do grupo de treino outdoor, Move HIIT. Foi fundado pelo Ze Maria Castelo Branco, sobre quem também já vos falei aqui no blogue.

inspiração

Inspiração: para a Marisa Barroca aquilo que a salva é poder ajudar os outros

marisa barroca

Conheci a Marisa Barroca no dia em lancei o meu primeiro livro. Na verdade conheci-a apenas pessoalmente porque as mensagens que trocávamos há algum tempo eram demasiado pessoais para nos considerarmos desconhecidas. Disse à Marisa aquilo em que acredito, a vida resolve-se sozinha e não há exemplo melhor para dar a um filho do que nunca desistirmos de sermos felizes. A Marisa é especial. Pela força que tem. A Marisa é especial, ponto. E não existe nada mais inspirador, nada melhor para ganharmos força para a semana que amanhã conheça, do que conhecermos melhor esta mulher. Já vão perceber porquê.
Na passada quinta-feira a Marisa conseguiu juntar o valor de uma dívida que estava a ser cobrado a uma antiga aluna do Instituto Politécnico do Porto. A acção de ajuda iniciou-se rapidamente, logo após a Marisa ter conhecimento do caso. Começou com a criação de um evento no Facebook chamado “Vamos ajudar a F”. A situação era esta:
A F é uma antiga aluna do ISEP [Instituto Superior de Engenharia do Porto] a quem a vida pregou algumas partidas e a falta de saúde não ajudou. Vive num quadro depressivo grave, tem um filho pequeno e só conta com a ajuda da mãe, também já debilitada pelos problemas da filha. Foi notificada pelo IPP para pagar as propinas que deixou em débito relativos a 2012/13 no valor de 788.72€.

inspiração viver saudável

Inspiração: Zé Maria trocou a consultora pelo Jardim da Estrela (e hoje é dono da Move HIIT)

Zé Maria trocou a consultora pelo Jardim da Estrela (e hoje é dono da Move HIIT)

Depois de passar várias vezes pelo Jardim de Estrela e ver um grupo de pessoas felizes a treinarem (mas assim a treinarem a sério como eu gosto) resolvi-me perceber quem eram (depois disso vou sempre que posso e confirmo que é viciante).
É um novo grupo de treino. Chama-se Move HIIIT, é ao ar livre, o treino é de alta intensidade, muito inspirado no Crossfit, e acontece no Jardim da Estrela. Foi assim que conheci o Zé Maria, que está à frente do projeto. Só com 25 anos mostra-nos que é possível arriscar e ter sucesso. É um exemplo de que devemos seguir os nossos impulsos e de que, com trabalho, esforço, dedicação e muito amor tudo é possível.
Muito rapidamente: formado em gestão, estava a começar uma vida estável, numa consultora grande, com um salário agradável e todos os benefícios que se querem. Um dia desafiaram-no para dar um treino. E aqui teve uma epifania: percebeu que este era o projeto em que queria estar. E assim foi. Hoje já leva centenas de pessoas à Estrela. Já criou amizades nos grupos que vai juntando. Até namoros. Já fechou inúmeras parcerias. Trouxe outros professores para a Move HIIT. E está cheio de força para evoluir, com muitos projetos novos em vista. Esta é a história dele.
 
A tua vida deu uma grande volta…
Sim. Sou formado em gestão e estive uma longa temporada na Deloitte a trabalhar.

Sigam-me no Instagram

1
Something is wrong.
Instagram token error.