Category / dieta das princesas

dieta das princesas

Salte! E agarre a vida com as duas mãos

Foto: Marta Dreamaker

 
 
Quantas vezes damos por nós num enevoado de dias uns a seguir aos outros, em que se perde a noção do tempo, em que o corpo mexe-se por si mesmo, em que o paladar se fica pelos rótulos das embalagens? Muitas vezes o ritmo dos dias, a pressão dos “devos”, a intolerância dos “tenhos”, a insegurança dos “não consigo” faz-nos entrar numa espécie de piloto automático, em que nos enchemos de tudo que depressa fica em nada, quase como que se nos anestesiássemos e deambulássemos por semanas e meses entre compromissos, espaços e pessoas mas sem tempo para sentir. O tabaco é um escape, a comida é um substituto, o ansiolítico é uma pausa, o isolamento é um silêncio. Andamos com um pacote de críticas e desculpas no bolso para fácil acesso, uma tesoura numa mão a recortar o tempo em fragmentos e um lápis preto na outra a sublinhar o que não corre bem, o que está por fazer, o que foi mal feito, o que não temos.
E de repente, subitamente ou de forma algo prevista, paramos ou somos forçados a parar, sustemos o ar, olhamos para dentro de nós e à nossa volta e não sabemos bem onde estamos nem como aí chegámos.

dieta das princesas

bom dia! quem quer um brunch dos bons?

na semana passada contei-vos que a Activia nos convidou para um brunch delicioso no Pestana Palace. o desafio foi entregar o telemóvel logo à entrada e saborear a refeição sem interferências. desligar das tecnologias, sentar e preparar um prato bonito, mastigar devagar, estar com pessoas de quem gostamos, são algumas dicas que contribuem para fazer das refeições momentos mais felizes *. o objectivo é comer melhor e ser mais feliz.
 
agora convido-vos para que sejam vocês a terem uma Refeição Feliz Activia [que é como quem diz: irem até ao Pestana Palace e saborearem um brunch [para duas pessoas]. mas têm que prometer que seguem as dicas *.
 
 
basta que deixem um comentário neste post com o vosso e-mail e façam like na página de facebook da Activia Portugal. 

o passatempo termina a 9 de Março [às 23h59m] e o vencedor será divulgado a 10 de Março [escolha por sistema Random].

dieta das princesas viver saudável

refeições felizes *

*estamos na hora ideal para este post.
factos:

quando não estou com os meus filhos fico aflita sem o telemóvel. confesso mais: 80% do tempo que estou acordada estou com o telemóvel em jeito de prolongamento da minha mão.
tomo o pequeno-almoço e almoço quase sempre a olhar para o telemóvel [se estiver sozinha].
no momento em que vou buscar o meu filho pequeno largo o telemóvel, não porque queira mas porque ele gosta de jogar e de procurar aplicações novas.
lá em casa jantamos todos em horas diferentes – quando temos fome, mas conversamos imenso e estamos quase sempre na mesma divisão, mesmo que cada um agarrado à sua tecnologia. e gostamos de ir partilhando o que estamos a ver.

 
e porque é que vos estou a contar isto tudo?

a semana passada estive a devorar sushi e Activia no novo brunch do Hotel Pestana Palace mas, antes da parte boa, tive que deixar o telemóvel guardado. depois de 253687 peças de sushi e dois Activialíquidos de frutos silvestres, percebemos que o objectivo era percebermos como nos comportamos à hora de refeição [registem: com ou sem telemóvel como sempre muito!] e influência das tecnologias neste comportamento.

dieta das princesas viver saudável

dois anos [sempre admirável e novo]

no dia 18 de Fevereiro de 2014, era lançado, em Lisboa, o livro Dieta das Princesas. que privilégio guardar o meu diário neste formato especial. em dois anos vivi um vida.

o melhor destes dois anos é olhar para trás e perceber tudo o que aprendi desde aquele dia. nessa altura pensava que seria sempre fácil. que depois de alcançar o peso que queria – o meu peso, nunca voltaria atrás [ou para a frente na balança, dependa da perspectiva]. há dois anos tinha a adrenalina ao rubro. o melhor destes dois anos foi ter aprendido que o equilíbrio é difícil e que depende muito mais da aceitação do que da disciplina. o melhor destes dois anos foi ter encarado a realidade, nem todos os dias são fáceis mas que vale sempre a pena cuidar de mim. o melhor destes dois anos foram as pessoas que conheci e ter conseguido – de alguma forma, fazer com que essas pessoas fossem mais felizes. o melhor destes dois anos foi a forma como me apaixonei pelo desporto. o melhor destes dois anos é continuar a ser exactamente a mesma que pessoa que era antes.

no workshop deste sábado, em Portimão.

Sigam-me no Instagram

1
Something is wrong.
Instagram token error.