sete quintas
o meu diário

Sonhar com… um lugar mágico chamado Sete Quintas

já passou mais de uma semana desde que estivemos na quinta biológica, Sete Quintas, em Miranda do Corvo e tenho-me lembrado daquele lugar todos os dias. na verdade, quem me segue no Instagram, sabe que me encantei por uma cadelinha bebé mas teve que ficar lá. a Ana – que está sempre comigo nos workshops porque é ela que sabe cozinhar – repetiu mil vezes que podia viver num lugar assim.

as Sete Quintas – ou Museu do Azeite porque recuperaram um antigo lagar de azeite, desativado há mais de 60 anos, onde podemos ver como se produzia o azeite, as galgas movidas pela força da água que moia a azeitona e os capachos onde se colocava a massa da azeitona para a sua prensagem.

esse pequeno rio, cuja força da água era aproveitada para moer a azeitona, é uma das preciosidades deste lugar. na verdade se olharmos para aquele lado, parece que estamos no meio de uma floresta encantada. e garantiram-nos que não estamos muito longe disso: existem raposas, javalis e lontras. não vimos mas conseguimos imaginar.

percebe-se que aquele lugar foi recuperado com muito carinho. da mesma forma com que fazem a marmelada, o queijo e o mel. da mesma forma com que acendem as lareiras para garantirem noites maravilhosas naquelas casinhas de encantar.

o workshop foi muito bom. numa mesa encostada a uma janela imensa onde só vemos o rio e a floresta. estamos no meio do nada mas muito próximos de Miranda do Corvo e de Coimbra. e no Verão há uma piscina para refrescar. e ganhar espaço para continuar a provar as coisas deliciosas, feita com produtos biológicos, que se cozinham por lá.

 

a casa está disponível no site da Homeaway (assim como outras casas em todo o país, e em todo o mundo, para alugar nas férias e fins de semana). nós vamos voltar de certeza.

 

SaveSaveSaveSave

SaveSave

Comentários (3)

  • Excelente sugestão apra quem precisa de descansar 🙂 https://matildeferreira.co.uk/

    Responder
  • […] as Sete Quintas – ou Museu do Azeite porque recuperaram um antigo lagar de azeite, desativado há mais de 60 anos, onde podemos ver como se produzia o azeite, … Ver artigo completo no Blog […]

    Responder
  • Estivemos lá há duas semanas depois de ter visto os instastories da Catarina.
    De férias e à procura de um turismo rural, este lugar mágico foi a escolha perfeita. Explorámos a quinta, apanhámos castanhas, brincámos com as cadelinhas (que fizeram a delícia da nossa filha!), convivemos com a D.Alda, Sr. Carlos e Gabriel e comemos maravilhosamente. Foi uma semana maravilhosa na casinha “moinho dos sentidos”. Vale a pena!

    Responder

Deixe um comentário