piquenique em casa
PubliPost viver família

Piquenique em casa num domingo à noite

Domingo rima com preguiça, sofá e dias inteiros em pijama. Certo?

Pois, um dia não são dias. E há dias que pedem aconchego, tempo de qualidade passado com os miúdos, mais práticos e pragmáticos, com a confort food que mais gostamos. Acredito mesmo que esta é uma parte fundamental do equilíbrio: cedermos, de forma consciente, à nossa vontade. Não sermos fundamentalistas, demasiado restritivos e exigentes. Nada melhor do que um domingo à noite para fazer um piquenique na sala, sem sair de casa e sem entrar na cozinha. Há noites que pedem o jantar entregue em casa –  daqueles que os miúdos gostam e os adultos também.

Isto tudo já é possível! Desde 28 de novembro que a McDonald’s tem um serviço de entrega ao domicílio, em Lisboa, através da aplicação UberEats. É isso mesmo: McDonald’s sem termos de nos deslocar ao restaurante (calma! vamos tentar não encomendar todos os dias). E por domicílio entenda-se a casa, escritório ou até mesmo um jardim no meio da cidade. Basta instalar a APP, que vai estar disponível nos sistemas operativos iOS e Android. O serviço vai funcionar entre o meio dia e a meia noite, numa área circunscrita de Lisboa (entre Alcântara, Campolide, Benfica, Carnide, Lumiar, Xabregas, Santa Apolónia, Santos), que inclui 14 restaurantes da marca. E também vai ser possível acompanhar o percurso do pedido McDelivery .

Pessoas que não são de Lisboa, não se preocupem. Apesar de numa primeira fase apenas funcionar por cá,  espera-se que, no futuro, esteja disponível noutras zonas.

 

Porque um dia não são dias e pela nossa sanidade mental temos de nos permitir ceder a desejos que nos deixam descansar e comer em paz. A ver um filme, séries, televisão, a fazer um jogo ou um piquenique em casa (de pijama). Num domingo ou em qualquer outro dia da semana.

 

porque já sei que perguntam. o Gonçalo não come carne há uns meses, vegetariano é dele. eu comi o Rústico. a Maria Luiza estava a comer maçã. comeu douradinhos “descascados” e roubou umas batatas. o Afonso gosta de tudo (saí à mãe).

Comentários (3)

  • […] Pois, um dia não são dias. E há dias que pedem aconchego, tempo de qualidade passado com os miúdos, mais práticos e pragmáticos, com a confort food que mais gostamos. Acredito mesmo que esta é uma parte fundamental do equilíbrio: cedermos, de forma consciente, à nossa vontade. Não sermos fundamentalistas, demasiado restritivos e exigentes. Nada melhor do que um domingo à noite para fazer um piquenique na sala, sem sair de casa e sem entrar na cozinha. Há noites que pedem o jantar entregue em casa – daqueles que … Ver artigo completo no Blog […]

    Responder
  • Lindo! Também sou mãe de dois meninos lindos e tento sempre que eles tenham uma alimentação saudável, o mais velho adora tudo o que é saudável, o mais novo da um pouco mais trabalho mas lá vou conseguindo. No entanto reservo sempre um dia da semana para fazer alguns estragos, acho que faz parte e é ‘saudavel’ desde que nos outros dias se volte ao normal! Exercício sempre, faz bem ao corpo e á mente!

    Responder
  • A vida é demasiado curta para não se comerem uns hambúrgueres de vez em quando!

    Responder

Deixe um comentário