o meu diário

o Pedro não sabe…

o Pedro conhece-me há menos de três anos. o Pedro conhece-me mas não sabe tudo sobre a minha história. o Pedro sabe quem sou, e sabe que é o amor da minha vida. mas há pormenores que o Pedro não sabe. e ainda bem. vai saber devagarinho. como se fôssemos namorados durante muito tempo.

o Pedro não sabe que ouvia isto em repeat quando soube que o meu pai tinha morrido. o meu anjo chama-se Gonçalo e chegou poucos dias depois ao meu corpo e salvou-me da dor. ainda choro e me falta o ar quando ouço Lamb.

pedi ao Pedro que me levasse a ver Lamb. quero guardar memórias sem dor de uma das minhas bandas preferidas.

o Pedro não sabe tudo mas espero que saiba que também é um anjo na minha vida. aquele me baixou as defesas e me ensinou que posso ser cuidada.

Comentários (10)

  • […] pedi ao Pedro que … Ver artigo completo no Blog […]

    Responder
  • Olá Catarina,
    Leio diariamente os seus sentimentos, sinto os verdadeiros, mesmo a cerca de 3M km de distância, e não me engano se disser que os seus anjos sabem que têm asas que voam dentro de si. Nós não temos dúvidas.
    Obrigada pela companhia diária.

    Responder
  • Que palavras tão bonitas, Catarina.
    Que sentimentos tão doces…

    Responder
  • Temos muita coisa em comum. Também tenho um pedro que é o amor da minha vida e me fez baixar a guarda, e fez com que me deixasse ser cuidado. Também ouvi muitas vezes lamb a pensar no meu pai! Bjinhos

    Responder
  • Não consegui evitar ficar com os olhos em lágrimas Catarina. ❤ Adoro a música. Não consigo imaginar a perda de um pai, mas perdi o meu avô que era o meu protetor. E sei a dádiva que é ter um filho e o amor que nos invade. Deve ter sido assoberbante tudo isso ao mesmo tempo.

    Responder
  • Lindas palavras…..

    Responder
  • Adorei 😀

    Responder
  • E acho que é esse o Segredo… A cada dia uma nova descoberta!!!

    Responder
  • Com tão poucas palavras, disseste tanto, Catarina!
    Acompanho o teu blogue e a conta no instagram. Adoro-vos!
    Beijinho de uma mãe de um pequeno príncipe que se parte a rir c o sorriso da Maria Luiza

    Responder
  • Olá Catarina,

    Ontem no Concerto, apesar de ouvir Lamb com um sorriso nos lábios, toda aquela melancolia de uns anos atrás caiu-me de novo em cima… também eu usei o “Gabriel” para chorar lágrimas que não queriam sair, pela minha Avó…
    Ontem, chorei de felicidade por voltar a sentir a emoção de ouvi-los ao vivo, mas também de melancolia.. ou de saudades, de tempos de projectar o futuro (casei ao som de Lamb!!!)
    E também te vi no Concerto!!
    Gostaste?

    Responder

Deixe um comentário