sesta
viver família

6 motivos que estão a impedir os miúdos de fazerem a sesta

há algumas horas [ou minutos, vá] em que Maria Luiza dorme. é nestes espaços de tempo que aproveito para trabalhar, responder a emails, tratar de assuntos da casa ou para fazer uma sesta também. nos primeiro meses foi difícil encontrar a rotina perfeita para ela – que não fosse contra a rotina de todos os que já cá estávamos em casa – mas agora as coisas estão muito melhores, mais calmas e mais estáveis.

no outro dia estava no computador e encontrei um artigo da Pure Wow que quero partilhar convosco, mães e pais de filhos que desesperam com o sono dos filhos. vamos conhecer seis razões [existirão mais mil] pelas quais os miúdos não dormem a sesta e algumas dicas para melhorar a situação. 

atenção: não esquecer que tudo isto são coisas normais de bebés e crianças. e a partilha em apenas como objectivo dar algumas ideias para que todos saiam a ganhar.

 

1. Problema: ansiedade de separação
Solução: rituais. o ser humano vive de hábitos, mais ou menos organizados. assim como nós temos [ou tentamos] ter uma rotina para dormir à noite, os bebés também precisam disto. ou seja: mantenham o ritual que antecede a sesta sempre igual, curto, doce e consistente. exemplos: um livro, uma música, as luzes apagadas e uma frase, como “boa noite”. obviamente que nem todas funcionam com bebés, mas algumas sim!

 

2. Problema: mau timing
Solução: se a vossa criança nunca adormece quando é suposto, então estabeleçam uma nova hora para a sesta, um pouco mais tarde. é verdade que é difícil abandonar rotinas, ainda para mais quando se trata de uma tão importante. mas o sono das crianças evolui consoante elas crescem. é importante ajustar os horários e quantidade de sestas e ter em conta a idade que eles já têm. é importante ver o que é que funciona melhor, testar e, se correr bem, mudar.

 

3. Problema: quarto com demasiada luz
Solução: apostem em blackouts – é um verdadeiro investimento! nem imaginam o problema que foi cá em casa porque a pessoa que mais sofre com a luminosidade sou eu. nota importante: quando os bebés chegam da maternidade esqueçam o escuro durante o dia, o melhor será diferenciar o dia da noite exactamente com a luz e os ruídos normais da casa.

 

4. Problema: demasiada energia
Solução: as crianças, quando já não são bebés, precisam mesmo de gastar as enormes reservas de energia que têm. a partir de certa altura é mesmo importante termos isto presente no nosso pensamento. uma hora de brincadeira na rua é diferente de uma hora sentados no sofá a ver televisão ou vídeo. apostem em atividades físicas que os obriguem a mexer. eles precisam.

 

5. Problema: está demasiado cansado
Solução: precisa de dormir mais na noite anterior. é natural que pensem que ir dormir mais tarde à noite vai ajudar a dormir na sesta do dia seguinte, mas isto está errado e funciona ao contrário: quanto mais dormimos, mais queremos dormir. os adultos também sentem isto.

 

6. Problema: já é demasiado crescida para dormir sestas
Solução: não podem forçar a criança a dormir, mas podem criar uma espécie de momento de sossego. apesar de já não conseguirem fazer sesta, é importante criar ambientes relaxantes e calmos: mantenham as luzes baixas, deixem-nos “ler” livros ou brincar com brinquedos macios, sozinhos na cama. há dias em que até podem adormecer, mas outros em que não. esta fase de transição é capaz de durar um ano, por isso, apostem nisto, ganham entre 30 minutos a uma hora por dia e os miúdos também descansam.

 

e já leram o post é dedicado às mães com crianças que não dormem à noite?

Comentários (2)

Deixe um comentário