mulher
o meu diário PubliPost

o dia em que percebi porque é que as lentes dos óculos são tão caras

uso óculos há 28 anos. aliás recordo com todos os pormenores o dia em que fomos ao médico e soube que tinha que usar óculos. passei a detestar a professora de piano que responsabilizou os meus olhos em vez da minha alta de jeito para ler a pauta. chorei alguns minutos e depois passou. melhor ainda, depois afeiçoei-me à imagem com óculos e passaram a ser um objecto de estimação. adoro óculos. adoro comprar óculos.

outras das memórias que guardo, aliás porque continua a ser uma realidade é o facto das lentes serem tão caras. antes tarde que nunca, ao fim de 28 anos percebi.

há umas semanas visitei a fábrica da Essilor e fiquei impressionada. estava ali a resposta à minha questão sobre o preço das lentes: aquilo é um mundo de tecnologia do mais sofisticado que possam imaginar. é um laboratório à séria, enorme. podem rir mas no meu estado actual de cansaço, para além das máquinas futuristas que fazem as lentes, aquilo que mais me espantou foi a organização – tipo: como é que no fim sabem para quem é cada lente.

no final conversámos um bocadinho sobre tudo aquilo que actualmente é feito neste mundo da visão. confessei que faço parte das pessoas que – num momento mais difícil em termos de dinheiros – comprei uns óculos sem qualquer tratamento e arrependi-me para o resto da vida útil daquelas lentes.

neste momento, para mim que passo horas em frente ao computador, a trabalhar, a navegar em sites, ler notícias, ver séries, filmes ou vídeos, sujeitos os meus olhos a um enorme esforço que gera fadiga visual e estou constantemente expostos à prejudicial luz azul-violeta emitida por estes meios digitais. digamos que eu e quase todos nós.

 

como é que podemos, proteger os nossos olhos?

já sabemos que a luz emitida pelos ecrãs faz mal, mas dificilmente podemos reduzir drasticamente a exposição, uma vez que a grande maioria dos trabalhos são feitos frente a computadores. mas é importante arranjar soluções que reduzam o impacto. a Essilor desenvolveu as lentes Eyezen para defender os olhos dos efeitos da luz azul-violeta.

com a colaboração de especialistas ópticos, a marca criou uma inovação na matéria das lentes, maior prevenção dos olhos, chamada Eye Protect System, e as lentes Essilor Eyezen que protegem os olhos ao melhorarem a leitura nos computadores, telemóveis ou televisões pela redução do brilho da luz (independentemente de serem necessários, ou não, óculos graduados).

 

podem ficar a saber que única coisa que ganhei com este post foram um óculos com estas lentes. única não porque é das melhores coisas que podia ter recebido. sendo que ponho os óculos quando acordo e às vezes quem me tira os óculos é o pedro quando já estou a dormir, e passo muito do tempo que estou acordada a olhar para écrans. foi um euromilhões para os olhinhos!

Comentários (4)

  • EU sou soldador, já tenho 57 anos e como é inevitável nesta idade tenho que usar óculos permanente, inclusive uso lentes para ver ao perto nas minhas máscaras de soldador. Uso lentes essilor há muitos anos e posso dizer que são as minhas melhores aliadas, até nos meus vários óculos de tenho lentes graduadas essilor.

    Responder
  • pois eu não uso essilor, e estou inteiramente satisfeito, em termos de tecnologia a maioria dos fabricantes estão estão ao nível da essilor e mesmo alguns acima, daí a mesma adquirir outras marcas ( porque têm €€€€ ) para aproveitar as suas tecnologias. são bons mas…. calma, já visitei vários laboratórios e não encontro muita diferença.

    Responder
  • Também eu uso óculos há 26 anos, mas desde os 16 que optei pelas lentes de contacto. A fábrica é fantástica, já a visitei algumas vezes, por causa do curso que tirei (técnica de óptica ocular).
    Esse tratamento é óptimo, dá um descanso visual incrível. Na Zeiss, têm o tratamento blueprotect que faz a mesma coisa que as eyezen e é um pouco mais acessível.
    Tenho uns óculos sem graduação para usar por cima das letras das quando estou muito tempo ao computador e tenho outros com graduação para quando não tenho as lentes.

    Responder
  • Bom dia Catarina. Adorei o post porque trabalho numa óptica e por isso acho que tenho de fazer um reparo. As lentes Eyezen são fantásticas mas a protecção que falou sobre as luzes azul violeta não tem haver com a Eyezen maa sim com o tratamento de anti reflexo chamado Prevencia. As Eyezen fazem uma regressão no perto que facilita quem trabalha muito com visões ao perto como os computadores ou toda a era digital. Já o Prevencia pode ser feito em quase todas aa lentes e esse é direcionado para os reflexos azul violeta. Os dois juntos é que são ouro sobre azul 😉
    Desculpe o comentário porque não o costumo fazer mas achei importante esclarecer um mal entendido.
    Obrigada por todas as dicas que tem dado😘

    Responder

Deixe um comentário