ainda sobre a mala das férias
viver família

ainda sobre a minha mala das férias

estou no Alentejo! não posso parar de trabalhar  mas podemos dizer que, sim, estou de férias! pelo menos tem sabor a férias. há pouco tempo estive no Algarve. consegui descansar muito. voltei nova, como já vos contei, muito graças à maravilhosa ajuda da minha mãe. assim que regressei a Lisboa, em poucos dias, esta sensação foi-se – como expliquei noutro post a bateria esgotou-se mais rápido do que a do meu iphone. voltei a sentir-me cansada demasiado rápido. não sei se teria coragem para vocês ver fora da cidade – tenho que escrever sobre isso – mas não tenho dúvida que estas sensações são consequência de uma vida num cenário acelerado.

mais uma vez tive de fazer malas. e trago sempre pouca coisa. mas o que é que eu não quero que me falte? livros! por mais reduzido que seja o tempo, quero ter algum tempo para ler. consegui voltar a equilibrar a minha alimentação, portanto snacks saudáveis também não podem faltar [de férias o controlo alimentar torna-se mais tramado portanto temos de tentar reduzir os estragos]. para transportar tudo e para facilitar a gestão daquilo que precisamos de trazer connosco no dia-a-dia, uma mochila confortável, cómoda e com espaço.

estas são algumas sugestões do artigo de hoje. para quem ainda não foi de férias, para quem já foi mas já tem mais datas marcadas, ficam dicas com alguns essenciais que não devem faltar na mala.

vejam ainda:

e numas férias tecnológicas? o que podemos levar?

manuel prático para ir de férias com os filhos.

6 dicas para passearem com bebés e correr tudo bem.

 

Deixe um comentário