o melhor para comer ao pequeno-almoço #2
dieta das princesas viver saudável

o melhor para comer ao pequeno-almoço #2

diferentes meses, diferentes épocas e diferentes contextos trazem-nos diferentes alimentos. se no inverno temos as clementinas, no verão temos outros frutos mais favoráveis às temperaturas altas. um desses frutos é a melancia – uma excelente opção para o pequeno-almoço: muito grande, muito doce, muito sumarenta, muito pouco calórica e muito saudável. uma excelente combinação de características, boas para manter a linha e satisfazer a vontade de comer doces.

vamos à sua constituição. 90% do peso da melancia corresponde a água, característica que, além de a tornar muito pouco calórica [40 calorias por fatia], faz com que seja uma poderosa arma de hidratação – não esquecer que no verão transpiramos mais e temos uma maior necessidade de repor aquilo que perdemos. além disso, é muito rica em minerais, vitaminas e em licopeno, o nutriente responsável pela sua cor avermelhada – também está presente no tomate ou goibada, por exemplo. tudo isto faz com que a melancia seja bom alimento para a saúde dos olhos, pele, dos rins, do coração e do sistema imunitário, no geral!

para comer sem culpa, é uma excelente opção para o pequeno-almoço, para o lanche, para levar para a praia, para piqueniques e até mesmo para as sobremesas!

[saibam mais sobre pequenos-almoços saudáveis]

Comentários (7)

  • Adoro melancia…mas não sou capaz de comer fruta ao pequeno almoço..

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    Responder
  • […] vamos à sua constituição. 90% do peso da melancia corresponde a água, característica que, além de a tornar muito pouco calórica [40 calorias por fatia], faz com que seja uma poderosa arma de … Ver artigo completo no Blog […]

    Responder
  • Olá Catarina,

    E se for um pequeno-almoço antes dum treino? Tenho imensas dificuldades em saber o que comer! Por um lado não posso comer muito (uma peça de fruta e 1 fatia de pão por exemplo) porque depois sinto a comida aos saltos no estômago e fico indisposta; por outro lado precisamos de comer ‘bem’ para ter energia!

    Obs: não sou fã de lacticínios…

    Achas que me podes dar uma sugestão por favor?

    Teria de ser algo prático porque saio de casa às 06:40 (percebi que a única forma de conseguir treinar é antes de começar a trabalhar (entro às 08:30), porque não me rouba tempo ao resto do dia e tenho muito mais energia pela manhã 🙂

    Beijinhos para ti e para a tua família linda!!!

    Responder
  • Eu e a melancia somos as melhores amigas e as piores inimigas. É de longe a minha fruta preferida, mas faz-me sempre mal à barriga, mas eu adoro melancia. E comer melancia é como comer a minha infância. O meu tio plantava imensas vezes melancias na quinta e eu adorava ir de tractor montada lá atrás para ir ver as melancias gigantes, e ficava com os olhos a brilhar quando trazíamos melancias de 20kg e dizia-lhe sempre “abrimos a maior ao almoço”, e era sempre assim. Mas hoje já não. Porque já não há tio, e já não há tractor, e já não há a plantação de melancias. Mas continuo a comer melancia e a adorar!!! não posso é comer fria porque me faz impressão nos dentes (aqueles tiques de menina-do-pai).

    Em resposta à Teresa Batista, nunca aconselho a comer muito antes do treino, tente fazer panquecas para levar e comer depois do treino. Pode comer a peça de fruta (maçã) com uma colher de manteiga de frutos secos (caju ou amêndoa – que tem gordura para fornecer energia). Isto é o que funciona comigo. Por exemplo quando treino ao fim de semana de manhã, bebo um café com um pedacinho de óleo de coco (mas existem pessoas que se dão muito mal, mas eu dou-me bem). Eu por exemplo se comer iogurtes antes do treino, é para esquecer!!

    Responder
  • Adoro melancia e no verão sabe tão bem começar o dia com alguma fruta 😀

    http://www.ayellowrain.blogspot.com

    Responder
  • […] conheçam outras sugestões de bons produtos para o pequeno-almoço aqui e aqui. […]

    Responder
  • […] mais sugestões para o pequeno-almoço aqui, aqui e […]

    Responder

Deixe um comentário