Arrumar a casa é como arrumar as ideias…
dieta das princesas

Arrumar a casa é como arrumar as ideias

Manter a tralha arrumada e em ordem, sem acumular excessos, nem aquilo a que não damos uso, é um excelente exercício de terapia. A casa fica mais leve e com mais espaço. E nós, enquanto arrumamos objectos, vamos também organizando a cabeça. Aliás, já diz o Feng Shui, que a limpeza e a organização são aspectos fundamentais para uma boa circulação de energias. Como Princesas que somos isso é o que mais queremos para as nossas casas, não é verdade?

Já pensaram quantos produtos de maquilhagem vamos acumulando ao longo dos anos? Quantos destes já estarão estragados, inutilizados ou terão mesmo acabado? Acho que todas nos reconhecemos, pelo menos um pouco, neste filme. Vamos comprando novos produtos e tudo se vai acumulando na bolsa ou na caixa de maquilhagem. Quanto mais não seja porque queremos guardar a embalagem para comprar igual…

Para evitar este caos da acumulação, hoje vamos aplicar regras de Feng Shui aos nossos cantinhos de maquilhagem e fazer uma selecção do que fica e do que vai embora! Basta seguir os passos abaixo. Não tem nada que enganar, é muito simples e acreditem que no final, além de uma nova e fresca bolsa de maquilhagem, vão ter uma mente mais arrumada!

1. Teste do cheiro: não falha… os produtos de maquilhagem normalmente cheiram bem, por isso quando sentir que o cheiro é esquisito, é porque está estragado. Lixo!

2. Produtos “separados”: ou seja, quando a água/óleo do produto começa a ficar separado do restante, criando um líquido amarelado no topo do frasco. Reconhecem, não reconhecem? Isto é sinal de que a fórmula do produto já não está no seu melhor e, por isso, não vai resultar da mesma forma. Lixo!

3. Máscara de pestanas demasiado seca: esfarela ao colocar, vem pouco ou demasiado dura na escovinha… não vale a pena insistir. Acabou o prazo de vida. Lixo! A máscara de pestanas é o produto de maquilhagem com o menor prazo de duração, pois seca facilmente e deixa de ter o resultado pretendido.

4. Produtos que já não usa: porque já acabaram, mas guardam a embalagem para comprar um novo. Esqueçam isso e guardem o nome nas notas do telemóvel. Ainda há um restinho na caixinha e, apesar de já nem dá para utilizar, ficamos sempre com uma réstia de esperança- não vale! É para substituir por um novo. Dali já não sai nada.

Mãos à obra?

Maquilhadora

Deixe um comentário