viver família

filhos únicos [ou os meus dias]

na prática eu tenho três filhos únicos que têm irmãos de vez em quando. uma sorte para eles. uma trabalheira [das boas] para mim.
6h30 – Maria Luiza mama e adormece.
7h – sou apenas mãe do Gonçalo
7h40 – sou apenas mãe do Afonso até a maria Luiza acordar
9h30 – sou apenas mãe da Maria Luíza

entre as 16h30 e as 19h somos muitos e os finas de dia são sempre diferentes. ❤️
19h – enquanto o pai dá banho sou apenas mãe dos rapazes e trato dos jantares
20h – dou mama à Maria Luiza [sou quase só mãe dela porque os rapazes vêm perguntar várias coisas durante o processo de adormecer a miúda].
21h – sou apenas mãe do Afonso [esta é a hora que o Gonçalo aproveita para relaxar] e vou deitar, dar mimo e ler uma história
22h – sou apenas mãe do Gonçalo [embora o processo de deitar o filho grande não exija nada de mim, só controlar a medicação da asma]
22h30 – há sempre uma indecisão entre aproveitar para trabalhar e deitar-me aninhada ao Pedro [ganha quase sempre a segunda hipótese]. e o meu estado de “sou só namorada do meu homem” dura enquanto a miúda assim quiser [nunca tem hora certa].

Comentários (2)

  • […] post filhos únicos [ou os meus dias] appeared first on dias de uma […]

    Responder
  • Catarina, este não é o post mais apropriado para o dizer mas às vezes é preciso ser assim. Ao longo dos últimos meses a Catarina tem-se tornado a minha inspiração de todos os dias, leio este blog religiosamente como se de uma lei se tratasse. Tenho um sonho, tenho 18 anos. Quando for grande quero ser como você.
    Um grande beijinho.

    Responder

Deixe um comentário