o meu diário viver família

30 de Junho

Se tivesse que escolher uma data não era esta. Guardo o 19 de Maio, a tua imagem e a minha certeza que estava apaixonada. Mas agradeço-te por me teres mostrado que existia mesmo isso do “amor sem mas” e teres casado comigo como se fosse uma urgência ou apenas a demonstração de uma certeza. Continuo a olhar para ti e a pensar como raio consegui sacar um gajo tão giro.

Continuo a olhar para ti e a pensar que, numa noite de copos, era a ti que queria levar para casa. Continuo a comever-me com a forma como tratas os meus filhos, disfarço as lágrimas e verbalizo o que sinto. Continuo a surpreender-me com a naturalidade com que damos a mão nos momentos maus, ficamos em silêncio ou falamos do tempo.

Neste ano aprendi a deixar que me levasses os sacos e que me conduzisses. Neste ano descobri que me falta o ar quando não sei por milésimos de segundos onde pus a aliança. Neste ano descobri que viver contigo é muito melhor que viver sozinha. E que, por muito que os teus defeitos me enervem, são demasiado irrelevantes para perder muito tempo amuada com isso.

Sou exactamente a mesma pessoa que casou contigo há um ano. Não me assusta viver sem ti mas, se não te importares, gostava de viver contigo para sempre.

30 de Junho 2016

 

 

foto: Pau Storch

Comentários (10)

  • O Pedro é, de facto, um giraço, mas a Catarina não lhe fica mesmo nada atrás!!!! Muitas Felicidades! Beijinhos

    Responder
  • Declaração bonita de Amor! Parabéns !

    Responder
  • Catarina,
    Não sei se quis dizer que de facto não a assuta viver sem o Pedro. Acho um pouco estranho pois quem ama, tem geralmente um pouco desse medo. Tal como fica aflita com a ideia de perder a sua aliança. Mas claro que não estou a querer dizer-lhe o que sente (seria ridículo), só achei estranho ao ler. E fez-me lembrar uma passagem da Anatomia de Grey em que o Derek diz “I can’t live without you” e a Grey responde “I can live without you. But I don’t want to. I don’t ever want to”, talvez seja isso que quis dizer 🙂 ou não! Tudo de bom

    Responder
  • boa tarde…estas palavras são de uma bondade e de um amor maravilhoso..comovente ..bjs e muitas felicidades

    Responder
  • e alias são os dois lindos…

    Responder
  • Boa ,muitos parabéns e muitas mais felicidades para sempre. Fiquem bem

    Responder
  • Que lindo…como eu gostava de ter uma experiência assim….

    Responder
  • Tão bonito o amor. Nunca me canso de o ver por aí, espelhado nos olhos e transbordante nos sorrisos.

    Responder
  • Todos procuramos um amor assim porque ele muda tudo à sua passagem. Descomplica o complicado e deixa tudo o resto a parecer demasiado pequeno para ter importância, ou a ser demasiado importante para olharmos as coisad pequenas da vida. Amor longo é o que lhe desejo!

    Responder

Deixe um comentário